Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7208
Title: Quantificação do corante carmin de índigo em bala industrializada através da análise de imagens digitais
Authors: Sá, Igor Coreixas de
metadata.dc.contributor.advisor: Pacheco, Wagner Felippe
metadata.dc.contributor.members: Cassella, Ricardo Jorgensen
Semaan, Felipe Silva
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: SÁ, Igor Coreixas de. Quantificação do corante carmin de índigo em bala industrializada através da análise de imagens digitais. Niterói, 2016. 89 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Química Industrial) - Curso de Graduação em Química Industrial - Instituto de Química, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2016.
Abstract: No presente trabalho é apresentada uma metodologia alternativa para a quantificação do corante Carmim de Índigo em balas industrializadas pelo processo de análise digital de imagens. Para tal, a bala industrializada é solubilizada em água, uma alíquota dessa solução é transferida, diluída, colocada em contato para agitar com uma massa de espuma de poliuretano, aonde será sorvida. Após a solução ser filtrada e a espuma ser seca, a mesma é fixada em um suporte de papel, e por meio de um scanner de mesa a imagem digital deste produto é registrada. Mediante o tratamento da imagem com um software de livre acesso para a análise de imagens (ImageJ) a intensidade de cor da espuma é obtida, o que possibilita a obtenção de um sinal diretamente proporcional a concentração do corante Carmin. O sinal analítico se mostrou proporcional a concentração no intervalo de 0,1 a 20 mg L-1, fornecendo limites detecção e de quantificação do método de 19,4 e 64,6 μg L-1 respectivamente. Esses valores foram suficientes para a determinação do corante nas amostras. Por fim, a eficiência do método foi avaliada por testes de recuperação, precisão e robustez.
metadata.dc.description.abstractother: The aim of this present work was to propose an alternative methodology to quantify the food coloring Indigo Carmine in an industrialized candy through the process of digital imaging analysis. For such, the candy is solubilized in water, an aliquot of this solution is transferred, diluted and then the solution is agitated in contact with a Polyurethane foam, which is capable of adsorbing the dye. After the foam is dry, it’s glued into a sheet of paper and using a flatbed scanner a digital image was taken. A free access software called ImageJ was used to treat the image taken in order to obtain the color intensity of the foam. Which was found to be directly proportional to the concentration of the dye Indigo Carmine. This following method turned out to be proportional in the range of 0,1 to 20 mg L-1. The calculated limits of detection and quantification of this method are respectively 19,4 e 64,6 μg L-1. These values obtained were enough to determine the food colorant in the studied candy. Finally yet importantly, the efficiency of the method was evaluated by recuperation tests, precision and accuracy.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7208
Appears in Collections:GGQ - Trabalhos de Conclusão de Curso - Bacharelado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Monografia com Ficha catalográfica e Assinaturas.pdfTCC Igor Coreixas de Sá1.52 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons