Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7229
Title: Gestão em um hospital oncológico: perspectivas da educação permanente em saúde
Other Titles: Management in a cancer hospital: perspectives of the permanent education in health
Authors: Mazzoni, Vivian Gomes
metadata.dc.contributor.advisor: Gouvêa, Mônica Villela
metadata.dc.contributor.members: Guljor, Ana Paula Freitas
Souza, Ândrea Cardoso de
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Mazzoni, Vivian Gomes. Gestão em um hospital oncológico: perspectivas da educação permanente em saúde. 2017. 118 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino na Saúde) - Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Niterói, 2017
Abstract: O presente estudo tem como objetivo compreender processos de gestão em um hospital público oncológico sob a perspectiva da Educação Permanente em Saúde (EPS), identi-ficar como são abordados os problemas e as preocupações de trabalhadores no contexto da micropolítica, e que contribui para a realização de encontros de discussão dos pro-cessos de trabalho. Pesquisa de abordagem qualitativa que envolve trabalhadores da gestão e equipes assistenciais. Os dados foram coletados a partir da realização de entre-vistas e submetidos à análise temática. Foram identificadas duas categorias: O Cotidia-no do Trabalho em Enfermagem em um Hospital Oncológico e Gestão no Cotidiano do Hospital Oncológico: perspectivas da Educação Permanente em Saúde. Observou-se sobrecarga física e emocional entre os trabalhadores da assistência resultante de dificul-dades no dimensionamento de pessoal e das peculiaridades do trabalho com o paciente oncológico, que gera sofrimento psíquico e desmotivação no trabalho. São percebidos movimentos na perspectiva da Educação Permanente em Saúde voltados para a agluti-nação de trabalhadores e que visa qualificar práticas, mas que não constituem ferramen-tas da prática cotidiana da gestão, com uma percepção ainda incipiente da potência dos espaços de trocas, autoanálise e reflexão coletiva. O estudo conclui que é preciso inves-tir na análise, nos encontros e nos acordos respeitando multiplicidades e reconhecendo a instabilidade do cotidiano do trabalho no hospital oncológico
metadata.dc.description.abstractother: The present study aims to understand management processes in a public oncology hospital un-der the perspective of Permanent Health Education (EPS), to identify how the problems and concerns of workers in the context of micropolitics are addressed, and which contributes to the holding meetings to discuss the work processes. This is a qualitative approach research that involves management workers and assistance nursing teams. The data were collected from in-terviews and submitted to thematic analysis. Two categories were identified: The Daily Life of Nursing Work in a Cancer Hospital and Management in the Daily Life of the Oncology Hospi-tal: perspectives of Permanent Health Education. Physical and emotional overload was observed among care workers resulting from difficulties in dimensioning personal and the peculiarities of the work with the oncologic patient that generates psychological suffering and demotivation at work. Movements are perceived from the perspective of Permanent Health Education aimed at the agglutination of workers and aiming to qualify practices, but these are not a tool of daily management practice, with an incipient perception of the power of the spaces of exchange, self-analysis and collective reflection. The study concludes that it is necessary to invest in analysis, meetings and agreements respecting multiplicities and recognizing the instability of daily work in the oncology hospital
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7229
Appears in Collections:MPES - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Vivian Gomes Mazzoni.pdf3.02 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons