Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7281
Title: Futebol, masculinidades, cantos de torcida e "desmasculinidades": o "EEEEE... PUTO! mexicano e o "sexismo desmasculinizador"
Authors: Bazini, Leonardo Soares
metadata.dc.contributor.advisor: Guedes, Simoni Lahud
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade Federal Fluminese
Abstract: Em um espetáculo futebolístico masculino não só se põe em jogo o prestígio do clube, mas também a masculinidade de seus participantes. Uma das formas pelas quais isto é feito apresenta-se nos cantos de torcida, nos quais procura-se “desmasculinizar” o adversário de forma discursiva. O objetivo deste trabalho, sem pretender apresentar respostas e sim fomentar diálogos, é observar a relação entre futebol, masculinidades, cantos de torcida e “desmasculinidades”. Através dessa análise, pretendo demostrar a eminência de um discurso que denomino de “sexismo desmasculinizador”. Meu ensaio parte do grito mexicano “EEEEE... PUTO!”, entoado nas cobranças de tiro de meta do goleiro adversário e que foi copiado pelos torcedores brasileiros na forma “abrasileirada” de “EEEEE... BICHA!”. Tais gritos são o foco principal deste estudo. São considerados, distintamente a abordagem deste trabalho, pela FIFA (Federação Internacional de Futebol) e outras instituições como um insulto discriminatório e homofóbico. Por isso, as federações de México e Brasil, além de outras, vêm sofrendo consequentes punições. Problematizo esta interpretação da FIFA, enfatizando a importância da análise do discurso que denomino de “sexismo desmasculinizador”, diferenciando-o da homofobia. Nesse sentido, pretendo contribuir para criar consciência e promover debates e tentativas de novos questionamentos, para que se entenda o contexto por trás do grito, desde a sua origem.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7281
Appears in Collections:NEPEAC - Trabalhos de Conclusão de Curso



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.