Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7425
Title: Análise da rede social da Instância de governança do circuito turístico Caminho Novo: uma perspectiva sistêmica e complexa
Authors: Guilarducci, Bruno Campos
metadata.dc.contributor.advisor: Fratucci, Aguinaldo Cesar
metadata.dc.contributor.members: Elicher, Maria Jaqueline
Spolon, Ana Paula Garcia
Trentin, Fábia
Issue Date: 6-Dec-2017
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: GUILARDUCCI, Bruno Campos. Análise da rede social da Instância de Governança do Circuito Turístico Caminho Novo: uma perspectiva sistêmica e complexa. 2017. 238f. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Turismo) - Programa de Pós-graduação em Turismo, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2017.
Abstract: Essa pesquisa teve como objetivo geral analisar a composição, a organização e o funcionamento da Instância de Governança do Circuito Turístico Caminho Novo dentro do contexto das políticas públicas de turismo atuais, apoiado na teoria dos sistemas complexos e na ferramenta de análise de redes sociais, utilizando como suporte teórico o paradigma da complexidade proposto por Edgar Morin, os aspectos dos sistemas complexos e a reconstrução do modelo do SISTUR de Beni (1998) dentro dos preceitos da complexidade. Toda a pesquisa realizada foi alinhada à perspectiva do turismo como um fenômeno socioespacial sistêmico e complexo, que para seu funcionamento torna necessário que haja diversas inter-relações entre um grande número de variáveis. Além disso, foram observados os preceitos das políticas públicas de turismo implementadas no Brasil em especial do Programa de Regionalização do Turismo e das políticas dos Circuitos Turísticos de Minas Gerais, ambas embasadas pela gestão descentralizada e pelas instâncias de governança regionais. Como ferramenta metodológica foi utilizado a análise de redes sociais com foco na Teoria dos Laços fracos e Laços fortes de Granovetter (1973, 1983) e dos buracos estruturais de Burt (1992) aliada à análise de conteúdo adaptada de Bardin (2011) e a elaboração de sociogramas das relações mantidas entre os agentes sociais dessa região turística. Como principal resultado destacamos a inexistência de algum grau de uma rede regional capaz de produzir resultados efetivos, a pouca participação e o baixo entendimento dos municípios sobre as políticas públicas de turismo, a predominância de aspectos de centralização ao invés de uma postura descentralizada, uma forte ingerência municipal e regional atrelada a um cenário de descontinuidade da gestão pública, além de um ambiente que remete a uma postura competitiva com reduzida participação dos agentes sociais para trabalhar em rede.
metadata.dc.description.abstractother: The objective of this research was to analyze the composition, organization and functioning of the Governing Body of the Caminho Novo Tourist Circuit within the context of current public tourism policies, based on complex systems theory and the social networks analysis tool, using as a theoretical support the complexity paradigm proposed by Edgar Morin, the aspects of complex systems and the reconstruction of the Sistur model of Beni (1998) within the precepts of complexity. All the research carried out was aligned with the perspective of tourism as a systemic and complex socio-spatial phenomenon, which for its functioning makes it necessary to have several interrelationships between a large number of variables. In addition, the precepts of public tourism policies implemented in Brazil, in particular the Tourism Regionalization Program and the Minas Gerais Tourist Circuits policies, both based on decentralized management and regional governance, were observed. As a methodological tool, the analysis of social networks focusing on the Theory of Weak Loops and Strong Ties of Granovetter (1973, 1983) and Burt's (1992) structural holes allied to the content analysis adapted from Bardin (2011) and the elaboration of sociograms of the relations maintained between the social agents of this tourist region. As a main result we highlight the lack of some degree of a regional network capable of producing effective results, the low participation and the low understanding of the municipalities on public tourism policies, the predominance of centralization aspects rather than a decentralized stance, a strong municipal and regional interference linked to a scenario of discontinuity of public management, in addition to an environment that refers to a competitive position with low participation of social agents to work in a network.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7425
Appears in Collections:MAT - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Bruno Campos Guilarducci Dissertacao.pdf3.33 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.