Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7426
Title: As vivências de prazer e sofrimento dos trabalhadores de uma rede de resorts: contribuições da psicodinâmica do trabalho
Authors: Martins, Felipe Cardoso D'Araujo
metadata.dc.contributor.advisor: Castro, Carolina Lescura de Carvalho
metadata.dc.contributor.members: Knupp, Marcos Eduardo Carvalho Gonçalves
Fratucci, Aguinaldo Cesar
Issue Date: 13-Aug-2018
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: MARTINS, Felipe Cardoso D'Araujo. As vivências de prazer e sofrimento dos trabalhadores de uma rede de resorts: contribuições da psicodinâmica do trabalho. 2018. 113 f. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Turismo) - Programa de Pós-graduação em Turismo, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2018.
Abstract: A evolução da gestão de pessoas desde a Revolução Industrial passou por diversas mudanças de paradigmas gerenciais, elevando a complexidade na rotina dos trabalhadores. Concentrando em traçar um panorama histórico e conceitual que constitui o presente estudo, analisa-se como a evolução das teorias administrativas que gerem pessoas, interage com as contradições presentes nas organizações atuais. Tendo a Psicodinâmica do Trabalho como base teórica, este estudo objetivou analisar as vivências de prazer e sofrimento dos funcionários que trabalhavam e estão trabalhando em uma rede de resorts. Configurando-se como o objeto empírico desta dissertação, a empresa investigada possui diversas características particulares na forma de gerir seus funcionários. Esses atributos originaram a inquietação que justifica esta pesquisa, pois demonstraram impactar efetivamente as vivências e a rotina dos trabalhadores. Concernente à metodologia, esta seguiu uma abordagem qualitativa, tendo como base as teorias de Christophe Dejours, por meio da Psicodinâmica do Trabalho, para orientar as discussões entre a subjetividade do trabalhador e a organização, bem como auxiliar em uma estrutura teórico-metodológica consistente para a pesquisa de campo. A partir da análise dos dados, foi possível verificar que a organização do trabalho impacta nas vivências de sofrimento e prazer dos funcionários da rede de resorts. Os dados indicam que a empresa se estrutura com forte hierarquia, falta de privacidade, centralização de decisões e contradições nas prescrições, o que aumenta muito o processo de entrada e saída de funcionários. O trabalho possibilita ao mesmo tempo vivências de prazer, caracterizados como, reconhecimento, desenvolvimento pessoal com as experiências, elogios dos clientes e qualidade de vida.
metadata.dc.description.abstractother: The evolution of people management since the Industrial Revolution has undergone several changes of managerial paradigms, raising the complexity of the routine of the workers. Concentrating on a historical and conceptual panorama that constitutes the present study, it is analyzed how the evolution of the administrative theories that generate people interacts with the contradictions present in the current organizations. With Psychodynamics of Work as a theoretical basis, this study aimed to analyze the experiences of pleasure and suffering of employees who worked and are working in a resort network. Setting up as the empirical object of this dissertation, the investigated company has several particular characteristics in the way by which it manages its employees. These attributes originated the restlessness that justifies this research, since they have demonstrated to have an effective impact on workers' experiences and routine. Concerning the methodology, it followed a qualitative approach, based on the theories of Christophe Dejours, through the Psychodynamics of Work, to orient the discussions between the subjectivity of the worker and the organization, as well as assisting in a consistent theoretical-methodological framework for field research. From the data analysis it was possible to verify that the work organization impacts the experiences of suffering and pleasure of the employees of the resort network. The data indicate that the company is structured with a strong hierarchy, lack of privacy, centralization of decisions and contradictions in rules, which greatly increases employee turnover. At the same time, the work generates experiences of pleasure, characterized as recognition, personal development with the experiences, compliment from clients and quality of life.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7426
Appears in Collections:MAT - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Felipe Cardoso D'Araujo Martins Dissertação.pdf1.4 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.