Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7460
Title: Estâncias turísticas do estado de São Paulo: um estudo sobre a inserção e atuação do bacharel em Turismo na administração pública
Authors: Herzer, Rodrigo
metadata.dc.contributor.advisor: Castro, Carolina Lescura de Carvalho
metadata.dc.contributor.advisorco: Fonseca Filho, Ari da Silva
metadata.dc.contributor.members: Rosa, Isabela de Fátima Fogaça
Trentin, Fábia
Fonseca Filho, Ari da Silva
Issue Date: 12-Dec-2017
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Herzer, Rodrigo.Estâncias turísticas do estado de São Paulo: um estudo sobre a inserção e atuação do bacharel em turismo na administração pública. 2017. 120f. Dissertação (Mestrado em Turismo) – Programa de Pós-graduação em Turismo, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2017.
Abstract: Atualmente, o estado de São Paulo possui 70 municípios intitulados como estâncias turísticas que recebem incentivos oriundos do Fundo de Melhoria dos Municípios Turísticos. Além do interesse para com a atividade turística, a nova legislação (lei complementar Nº 1.261 de 29 de abril de 2015), prevê que os municípios que pretenderem continuar como estância deverão atender a critérios técnicos, sujeitos a avaliação, que resultará na conquista, ou não, do título. Diante desse processo, ressalta-se a necessidade de um olhar técnico e do conhecimento na área dentro da administração pública, para atender a lei, avaliar os municípios e, desenvolver e planejar o turismo em suas amplas possibilidades. Neste sentido, o bacharel em turismo mostra-se como o profissional especializado no planejamento da atividade. O contexto histórico e atual da formação acadêmica corrobora e possibilita a inserção deste profissional em órgãos públicos de planejamento do turismo, principalmente em munícipios turísticos. Sendo assim, este estudo teve como objetivo investigar a inserção e os desafios de atuação de bacharéis em Turismo junto aos órgãos públicos municipais de turismo das Estâncias Turísticas do Estado de São Paulo, assim como sua inserção na comissão de especialistas do DADETUR. A metodologia utilizada foi composta pela combinação de pesquisa bibliográfica e empírica. Foi adotada a abordagem multimétodos (qualitativa e quantitativa) e, a pesquisa exploratória. Utilizou-se formulários (mídia digital) e entrevistas (telefone e presencialmente) para a coleta de dados realizados com os gestores municipais públicos de turismo das estâncias, o secretário de turismo do estado de São Paulo, a assistente administrativa da diretoria do DADETUR e um dos deputados estaduais responsáveis pela criação da lei nº 1261/15. Como resultado identificou que apenas 25% das estâncias pesquisadas possuem bacharéis em turismo como gestores públicos da área, demostrando que a maioria dos municípios ainda não prioriza o conhecimento técnico para o exercício do cargo. Foi comprovado que o processo de avaliação não ocorrerá no prazo determinado pela lei nº 1261/15, já que parte das estâncias não está conseguindo atender os critérios, indício que pode pressupor a falta de gestores com o conhecimento técnico. Enquanto á atuação dos gestores bacharéis em Turismo, os principais desafios mencionados foram: baixo repasse de recursos; falta de autonomia e interesses políticos nas tomadas de decisão; não valorização do conhecimento técnico em turismo por parte dos outros setores públicos, do trade e da população; desconhecimento das funções do gestor e do setor administrativo. Constatamos também na análise da lei, e nas entrevistas a possibilidade de inserção do bacharel em turismo na comissão de especialistas que avaliarão as estâncias paulistas.
metadata.dc.description.abstractother: Currently, the state of São Paulo has 70 municipalities with the right to tourist station that receive incentives from FUMTUR. The complementary law no. 1,261 of April 29, 2015, these municipalities serves a number of technicians, and will still be conditioned to an evaluation made by a committee of experts. Because they are municipalities that are potentially touristic and the new legislation requires the compliance and evaluation of technicians for an achievement of the title, it is highlighted the need for technical and knowledge look in the area so that the possibilities of social, cultural, economic and sustainable development are planned and achieved. In this sense, the bachelor in tourism shows himself the specialized professional in the planning of the activity. The historical and current context of the academic formation corroborates and makes possible the insertion of this professional in the public management of tourism planning, mainly in the tourist cities. Therefore, this study had as objective to investigate an insertion and challenges of acting of bachelor in Tourism at public municipal organs of tourism of the tourist station of the State of São Paulo, as well as in the commission of specialists of the DADETUR. It was sought to understand, through Law no. 1261/15, whether the criteria established by this legislation assign importance to the contracting of bachelors in Tourism. A methodology used in the measure of the combination of bibliographical and empirical research, using documentary research as a data collection instrument. A multi-method approach (qualitative and quantitative) and an exploratory research were adopted. A form was sent, first, via email, to all the managers of the São Paulo offices and since a low participation of the managers uses a telephone approach. In sequence we interviewed some bachelors in Tourism (by telephone and in person). Subsequently, we interviewed: the secretary of tourism of the state of São Paulo and an administrative assistant of DADETUR (in person); and one of the statistical data for the creation of law no. 1261/15 (e-mail). As a result identified that only 25% of the stations surveyed have a bachelor's degree in tourism as a public manager of the area and are available. It was verified that the collection process was not used, with no stipulated time, since some of the offices are not met, meeting the criteria of Law 1261/15, which may imply the lack of managers with technical knowledge. While the performance of these managers, they are those who are in conflict with the main challenges to remain are not registered on political issues, such as: lack of autonomy in decision making; lack of recognition on the part of the other public sectors, commerce and the population; ignoring the functions of the secretary and the tourism sector, reducing the organizers of events; and under review of resources, compared to other sectors, for being considered a less important sector within the city. We also found in the analysis of law, and in the interviews the possibility of insertion of the bachelor in tourism in the commission of experts who will evaluate the Paulist stances.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7460
Appears in Collections:MAT - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Rodrigo Herzer Dissertacao.pdf2.32 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.