Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7461
Title: Turismo no parque estadual da Costa do Sol, RJ: relações e conflitos entre atividade turística, unidade de conservação e população local
Authors: Teixeira, Jessica Goetty
metadata.dc.contributor.advisor: Ferreira, Helena Catão Henriques
metadata.dc.contributor.members: Fontoura, Leandro Martins
Trentin, Fábia
Issue Date: 20-Dec-2017
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Teixeira, Jessica Goetty. Turismo no Parque Estadual da Costa do Sol, RJ : relações e conflitos entre atividade turística, unidade de conservação e população local. 2017. 175f. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Turismo) - Programa de Pós-graduação em Turismo, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2017.
Abstract: Com o aumento da preocupação com o meio ambiente, a criação de unidades de conservação se tornou uma estratégia para a proteção de ambientes naturais. A restrição de atividades em seu interior fez com que o turismo surgisse como uma alternativa econômica e social viável para a utilização dessas áreas. Com a intenção de proteger as áreas naturais remanescentes da Região Turística da Costa do Sol, RJ, foi criado, em 2011, o Parque Estadual da Costa do Sol, com 43 fragmentos dispersos em seis municípios. Esta pesquisa concentra-se na área da unidade de conservação localizada no município de Armação dos Búzios. A criação de uma unidade de proteção integral em territórios onde já existia atividade turística intensa provocou vários conflitos entre diferentes atores sociais, relacionados, principalmente, aos modos de utilização do território. Esta pesquisa possui como objetivo entender de que forma o turismo se apresenta na área do Parque Estadual da Costa do Sol, em Armação dos Búzios, e como se estabelecem as relações, conflitos, intenções e expectativas existentes entre os atores sociais referentes ao turismo e à gestão da UC. O problema é conciliar a atividade turística com a gestão de uma unidade de conservação, de modo que esta beneficie também a população local. Para isso, faz-se necessário o entendimento das relações e conflitos que existem entre os atores sociais, assim como suas intenções e expectativas acerca do turismo e da gestão do parque. Para tal, foi empreendida uma pesquisa qualitativa de base etnográfica, com pesquisa de campo baseada em observação direta e entrevistas semiestruturadas e abertas com diferentes atores sociais. Considera-se que essas relações e conflitos sejam ainda vigentes e construídos de acordo com as interações sociais existentes. Considera-se que sejam o diálogo e a participação de todos os envolvidos a melhor forma e a possibilidade de entendimento e compatibilização da grande diversidade de necessidades, desejos e expectativas.
metadata.dc.description.abstractother: With increasing concern for the environment, the creation of protected areas has become a strategy for the protection of natural environments. The restriction of activities in its interior made tourism appear as a viable economic and social alternative for the use of these areas. With the intention of protecting the remaining natural areas of the Costa do Sol Tourist Region, the Costa do Sol State Park was created in 2011, with 43 fragments scattered in six cities. This research focuses on the area of the protected area located in the city of Armação dos Búzios. The creation of a comprehensive protected area in territories where there was already intense tourism activity has led to several conflicts between different social actors, mainly related to the use of the territory. This research aims to understand how tourism presents itself in the area of the Costa do Sol State Park, in Armação dos Búzios, and how relationships, conflicts, intentions and expectations exist among social actors regarding tourism and tourism management. The problem is to reconcile the tourist activity with the management of a protected area, so that it also benefits the local population. To do so, it is necessary to understand the relationships and conflicts that exist between social actors, as well as their intentions and expectations about tourism and park management. To that end, a qualitative ethnographic research was undertaken, with field research based on direct observation and semi-structured and open interviews with different social actors. It is considered that these relations and conflicts are still in force and constructed according to the existing social interactions. It is considered that the dialogue and participation of all those involved is the best way and the possibility of understanding and reconciling the great diversity of needs, desires and expectations.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7461
Appears in Collections:MAT - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Jéssica Goetty Teixeira Dissertação.pdf4.97 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.