Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7462
Title: O preço é justo? Um estudo sobre as percepções de consumidores e turistas sobre a precificação dinâmica de um aplicativo de mobilidade urbana
Authors: Santos, Flavio Andrew do Nascimento
metadata.dc.contributor.advisor: Mayer, Verônica Feder
metadata.dc.contributor.members: Ferreira, Daniela Abrantes
Marques, Osiris Ricardo Bezerra
Issue Date: 28-Jun-2018
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: SANTOS, Flavio A. N. O preço é justo? Um estudo sobre as percepções de consumidores e turistas sobre a precificação dinâmica de um aplicativo de mobilidade urbana. 2018. 116f. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Turismo) - Programa de Pós-graduação em Turismo, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2018.
Abstract: Diversos serviços no turismo utilizam a relação demanda-oferta para o estabelecimento dos seus preços, sobretudo serviços de transporte e de hospedagem. Uma das razões pela qual deve-se usar preços dinâmicos é porque há uma variação entre os dias da semana e horários do dia, e há um alto grau de imprevisibilidade que muitas vezes leva a uma alta ou escassez de demanda. Sem preços dinâmicos, as organizações teriam que ajustar os preços acima do preço normal para evitar que as consequências do mercado levassem a problemas no serviço nos momentos de alta demanda. No entanto, economistas comportamentais argumentam que esse tipo de variação nos preços pode ser considerado injusto ou inaceitável. Os argumentos econômicos tradicionais para preços em tarifas dinâmicas não parecem convencer as pessoas. A importância para a argumentação e a informação que é direcionada ao consumidor é fundamental para a percepção de justiça. A maioria dos estudos em justiça de preços relacionados à precificação diferencial se concentra no contexto de compra de bilhetes de avião. É interessante, portanto, ampliar a análise da percepção de justiça em preços para outras transações do setor turístico, assim como para justiça em precificação diferencial como no contexto de aplicativos de mobilidade urbana. Para este estudo foi escolhido o aplicativo Uber, pois está entre os aplicativos de viagem mais baixados e considerado úteis pelos usuários, a precificação dinâmica se caracteriza por um contexto singular: os preços são definidos de forma dinâmica em tempo real, portanto, não há tarifários como observado normalmente no turismo. Dessa forma, observar se os turistas aceitam ou não e como se comportam com esse método de precificação no contexto da Uber pode possuir tanto implicações gerenciais quanto para a teoria. Além disso, se a supressão do multiplicador da tarifa para o usuário poderia mudar ou não a percepção de justiça dos preços. O método escolhido para alcançar os objetivos deste estudo foi o grupo focal. Foram realizados grupos focais com 20 usuários do aplicativo que utilizaram em momentos de viagens e, em seguida, uma análise de conteúdo do material transcrito. Os resultados indicam que há uma divisão entre os que acreditam que o método de precificação é justo e os que acreditam ser injusto. Sobre a supressão alguns participantes indicaram que a informação do multiplicador pode atrapalhar a experiência turística enquanto outros preferem receber a informação. Conclui-se que as avaliações dos turistas não são estáticas e que o contexto pode influenciar o turista a aceitar ou não o método de precificação dinâmica.
metadata.dc.description.abstractother: Several tourism services use the demand-supply relationship for the establishment of their prices, especially transportation and lodging services. One of the reasons why organizations should use dynamic pricing is because there is a variation between the days of the week and times of day, and there is a high degree of unpredictability that often leads to a high or a shortage of demand. Without dynamic prices, organizations would have to adjust prices above the normal price to prevent market consequences from leading to service problems in times of high demand. However, behavioral economists argue that such price variations may be considered unfair or unacceptable. The traditional economic arguments for prices in dynamic tariffs do not seem to convince people. The importance to the argumentation and the information that is directed to the consumer is fundamental for the fairness perception. Most fairness perceptions studies related to differential pricing are concentrated in the context of buying airline tickets. It is interesting, therefore, to extend the analysis of the perception of fairness in prices for other transactions in the tourism sector, and for fairness perceptions in different dynamic pricing contexts such as urban mobility applications. For this study the Uber application was chosen because it is among the most downloaded travel applications and considered useful by it users, dynamic pricing is characterized by a singular context: prices are dynamically defined in real time, so there are no tariffs as is normally observed in tourism. Thus, observing whether tourists accept and how they behave with this pricing method in Uber's context may have both management and theory implications. Moreover, if the suppression of the tariff multiplier for the user could change or not the perception of price justice. The method chosen to achieve the objectives of this study was the focus group. The focal groups were held with 20 users of the application they used at times of travel and then a content analysis of the transcribed material. The results indicate that there is division between those who believe the pricing method is fair and those who believe it is unfair. Some participants indicated that multiplier information can disrupt the tourist experience while others prefer to receive this information. It is concluded that the evaluations of the tourists are not static, and the context can influence the tourist to accept or not the dynamic pricing method.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7462
Appears in Collections:MAT - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Flávio Andrew do Nascimentos Santos Dissertação.pdf1.99 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.