Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7526
Title: Revista “Memórias do Instituto Oswaldo Cruz”: uma visão bibliométrica
Authors: Silva, Angelina Pereira da
metadata.dc.contributor.advisor: Lima, Marcia Heloisa Tavares de Figueredo
metadata.dc.contributor.members: Freitas, Lídia Silva de
Silva, Cícera Henrique da
Issue Date: 2015
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Abstract: Pesquisa exploratória e quantitativa que tem por finalidade entender algumas práticas de comunicação científica nas áreas de Ciências Biológicas e Ciências Biomédicas através da análise bibliométrica nos artigos originais e artigos de revisão publicados na revista Memórias do Instituto Oswaldo Cruz, no período de 2009 a 2013. Apresenta um panorama da Fundação Oswaldo Cruz da sua criação até os dias atuais. Sinaliza os canais de comunicação científica, bem como as categorias dos documentos ou fontes de informações. Destaca os periódicos científicos como principal canal de divulgação da ciência e o papel do Acesso Aberto, uso e citações. Contextualiza a revista Memórias do Instituto Oswaldo Cruz. Aborda a comunicação científica no âmbito da Ciência da Informação. Aponta as definições, características, funções e técnicas de mensuração na comunicação científica. Destaca a Bibliometria enquanto metodologia de análise quantitativa. Faz análise de 805 artigos. Identifica que artigos de coautoria concentram um número maior que os artigos de autoria individual. Identifica os autores que mais publicam artigos na revista e faz uma comparação com os resultados das bases de dados Web of Science e SCOPUS. Identifica as instituições as quais os autores estão vinculados e mapeia a procedência geográficas de tais instituições. Constata que a revista não se caracteriza pela endogenia. Identifica os autores com vinculação institucional à Fundação Oswaldo Cruz que mais publicam. Mapeia as unidades da Fundação Oswaldo Cruz que mais publicam. Identifica a vida média da revista nos resultados da pesquisa, no Journal Citation Reports e no SciELO. Identifica o fator de impacto da revista no Journal Citation Reports e no SciELO.
metadata.dc.description.abstractother: Exploratory and quantitative research aims to understand some scientific communication practices in the areas of Life Sciences and Biomedical Sciences through the bibliometric analysis in original articles and review articles published on the Memórias do Instituto Oswaldo Cruz journal, from 2009 to 2013. It show an overview of Fundação Oswaldo Cruz from its inception to the present day. Indicates the scientific communication channels as well as the categories of documents or sources of information. It highlights the main scientific journals of science dissemination channel and the role of open access, use and citations. Make context of the Memórias do Instituto Oswaldo Cruz journal. Addresses the scientific communication in the context of information science. Points out the definitions, characteristics, functions and measurement techniques in scientific communication. Feature the Bibliometic while quantitative analysis methodology. It analysis of 805 articles. Identifies that co-authoring articles focus on a number greater than the individual authorship of articles. Identify the authors which publish articles in the journal and makes a comparison with the results of the databases Web of Science and Scopus. Identifies the affiliation of the authors and maps the geographical origin of such institutions. Certifies that the journal is not characterized by endogeny. Identifies the more productive authors with institutional linkage to Fundação Oswaldo Cruz. Maps the more productive areas of the Fundação Oswaldo Cruz. Identifies the half-life of the journal in the research results, in the Journal Citation Reports and SciELO. Identifies the journal's impact factor in Journal Citation Reports and SciELO.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7526
Appears in Collections:PPGCI - Teses e Dissertações



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons