Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7557
Title: Implementação simplificada das primeiras etapas do Balanced Scorecard em uma microempresa prestadora de serviços: um estudo de caso
Authors: Andrade, Vivian Pereira de
metadata.dc.contributor.advisor: Oliveira, Selma Regina Martins
metadata.dc.contributor.members: Rodrigues, Luiz Carlos
Dias, Sabrina de Oliveira Moura
Keywords: Ciências Contábeis
Issue Date: 2016
Abstract: O Balanced Scorecard (BSC), foi criado em 1990, com a finalidade de suprir a carênciade indicadores que auxiliem nas estratégias de gerenciamento adotadas pelas empresas e pode ser um eficiente instrumento para garantir a sobrevivência da microempresa e aumentar os lucros. Nas últimas décadas, o BSC tem sido um auxiliador na elaboração de estratégias para grandes empresas por meio de indicadores de performance que complementam a contabilidade gerencial em seus aspectos financeiros. Neste artigo, será feita uma breve introdução ao BSC e a implementação simplificada das primeiras etapas dessa ferramenta em uma microempresa do setor de Internet com uma abordagem qualitativa. Como resultado, pode-se observar que a aplicação das primeiras etapas do BSC em microempresas não é tão complexa devido à simplicidade dos processos ou serviços e número reduzido de departamentos e funcionários, ogo definir os indicadores desempenho se torna uma tarefa mais simples. Assim, para cada uma das quatro perspectivas do Balanced Scorecard definimos ao menos um indicador de desempenho. Segundo os indicadores de desempenho, a microempresa estudada apresenta perspectiva financeira em torno de 60%, a perspectiva de processos internos e do cliente em torno de 50%. A empresa apresenta um quadro preocupante no que diz respeito à perspectiva do aprendizado e crescimento, em torno de 11%. As primeiras etapas do Balanced Scorecard fornecem uma visão da situação financeira da empresa e sugere que a empresa deve investir em capacitação de funcionários, em marketing e na ampliação do sinal de internet para conquistar mais mercado consumidor.
metadata.dc.description.abstractother: The Balanced Scorecard (BSC) was established in 1990, in order to supply the lack of indicators to assist in the management strategies adopted by companies and can be an effective tool to ensure the survival of microenterprises and increase profits. In recent decades, the Balanced Scorecard has been a resource that assists in the development of management strategies for large companies through performance indicators that complement the management accounting in its financial aspects. In this article, a brief introduction will be made to Balanced Scorecard and an simplified implementation of the first steps of this tool in a micro enterprise, internet service provider, with a qualitative approach. As a result, it can be observed that the application of the first steps of the Balanced Scorecard in microenterprises is not as complex due to the simplicity of the processes or services and reduced number of departments and employees, then define performance indicators becomes a simpler task. Thus, for each of the four perspectives of the balanced scorecard, we define at least one performance indicator. According to performance indicators, the microenterprise has obtained a financial perspective around 60% and the prospect of internal processes and customer around 50%. The company presents a worrying picture in relation to the learning and growth perspective, around 11%. The first steps of the Balanced Scorecard provides a view of the financial situation of the company and suggests that the company should invest in employee training, marketing and expansion of the internet signal to acquire more consumer market.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7557
Appears in Collections:VGC - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Vivian Pereira de Andrade.pdf941.96 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons