Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7561
Title: Mães da ACAM-RJ: a luta pela efetivação de direitos
Authors: Perez, Suyane Campos
metadata.dc.contributor.advisor: Freitas, Rita de Cássia Santos
metadata.dc.contributor.members: Almeida, Carla Cristina Lima de
Barros, Nívia Valença
Issue Date: 2010
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Abstract: O presente trabalho tem por objetivo analisar, a partir da atuação das Mães da Associação Carioca de Multiviscidose do Rio de Janeiro (ACAM-RJ), formas de politização da maternidade em nossa sociedade. Dessa forma, essa dissertação compreende a maternidade enquanto um importante elemento na busca de efetivação dos direitos sociais aos portadores de fibrose cística gerando, nesse processo, políticas públicas. Assim, interessa-nos estudar a forma como a participação dessas mulheres nesse movimento modificou ou não seus cotidianos e as vivências da maternidade. Outro objetivo que perseguimos é compreender os significados e a importância da maternidade como categoria política. A história oral foi a metodologia por nós utilizada para nos aproximarmos desses sujeitos. Este estudo está dividido em três capítulos: o capítulo um discute o conceito de gênero e a saída das mulheres para o espaço público. Este capítulo aborda também aspectos da formação da identidade feminina – especialmente o papel materno – e as transformações no cotidiano das famílias na atualidade. O Capítulo 2 traz um pouco da história da ACAM-RJ: sua estrutura, os trabalhos desenvolvidos e as frentes de atendimento aos portadores de fibrose cística, bem como uma análise do perfil dos portadores de fibrose cística e de suas famílias. Por fim, no Capítulo 3, com o estabelecimento das entrevistas realizadas, refletimos sobre as transformações acerca das práticas que estas mães desenvolveram, as mudanças geradas a partir de seu engajamento nos movimentos e suas formas de reivindicação.
metadata.dc.description.abstractother: The present work has for objective to analyze, from the performance of the Mothers of the Carioca Association Assistence of Mucuviscidose of Rio De Janeiro (ACAM-RJ), forms of politicalization of the maternity in our society. Of this form, this thesis understands the maternity while an important element in the search of the social rights to the carriers of fibrose cystic generating, in this process, public politics. Thus, it interests to study us the form as the participation of these women in this movement modified or not its daily and experiences of the maternity. Another objective that we pursue is to understand the meanings and the importance of the maternity as category politic here. History verbal was the methodology for us used stops approaching in them to these citizens. This study it is divided in three chapters: the chapter one argues the concept of sort and the exit of the women for the public space. This chapter also approaches aspects of the formation of the feminine identity - especially the maternal paper - and the transformations in the daily one of the families in the present time. Chapter 2 brings a little of the history of the ACAM-RJ: its structure, the developed works and the fronts of attendance to the carriers of fibrose cystic, as well as an analysis of the profile of the carriers of fibrose cystic and its families. Finally, in Chapter 3, with the establishment of the carried through interviews, we reflect on the transformations concerning the practical ones that these mothers had developed, the changes generated from its enrollment in the movements and its forms of claim.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7561
Appears in Collections:PPGESS - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SuyaneCamposPerez.pdf975.17 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons