Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7720
Title: Governança na região metropolitana do Rio de Janeiro: um modelo de coordenação política possível
Authors: Castro, André Hacl
metadata.dc.contributor.advisor: Hansen, Gilvan Luiz
metadata.dc.contributor.members: Hansen, Gilvan Luiz
Neves, Edson Alvisi
Lopes Filho, Ozéas Corrêa
Issue Date: 2015
Citation: CASTRO, André Hacl. Governança na região metropolitana do Rio de Janeiro: um modelo de coordenação política possível. 2015. Dissertação (Mestrado em Justiça Administrativa) – Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2015.
Abstract: A mobilidade urbana é um dos grandes desafios da governança pública nas grandes metrópoles do mundo. A Região Metropolitana do Rio de Janeiro enfrenta desafios advindos da explosão populacional e da falta da institucionalização da governança pública, resultado de movimentos históricos sobre autonomia pública e privada. Em que pese à existência de certos níveis de mobilidade e de governança na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, existe um potencial inexplorado nas instituições responsáveis pelo planejamento da mobilidade urbana da região, planejamento este que deve ser realizado de forma integrada com o ordenamento do território e do meio ambiente. O presente trabalho pretende enfrentar as tensões existentes entre direitos humanos e soberania no processo de institucionalização da governança pública que em ultima análise é responsável pelos investimentos em infraestrutura de transporte e pela definição dos rumos da mobilidade urbana sustentável. A construção dessa dissertação foi feita com suporte na teoria habermasiana e em suas discussões acerca da influência do discurso no mundo social. Este referencial teórico nos faz repensar conceitos e concepções a respeito da forma pela qual são construídas soluções de mobilidade urbana em nossa experiência regional.
metadata.dc.description.abstractother: Urban mobility is one of the great challenges of public governance in the large cities of the world. The metropolitan area of Rio de Janeiro faces challenges arising from population explosion and lack of institutionalization of public governance, the result of historical movements on public and private autonomy. Despite the existence of certain levels of mobility and governance in the metropolitan area of Rio de Janeiro, there is an untapped potential in the institutions responsible for the planning of urban mobility in the region, planjamento this should be done in an integrated way with land use planning and the environment. This study aims to address the tensions between human rights and sovereignty in the public governance institutionalization process in which ultimately is responsible for investments in transportation infrastructure and the definition of the direction of sustainable urban mobility. The construction of this dissertation was made with support in Habermas' theory and in their discussions about the influence of discourse in the social world. This theoretical framework makes us rethink concepts and conceptions about the way in which urban mobility solutions are built on our regional experience.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7720
Appears in Collections:PPGJA - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Governança na Região Metropolitana - Andre Hacl.pdf589.24 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons