Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7724
Title: A responsabilidade social em empresas de economia de comunhão
Authors: Santos, Larissa Couto dos
Fraga, Leticya Oliveira Pires
metadata.dc.contributor.advisor: Abegão, Luis Henrique
metadata.dc.contributor.members: Lobianco, Terezinha Maria Folhadela Benevides
Cabral, Isabel
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Abstract: O presente trabalho tem o intuito de trazer uma perspectiva de mudança para o mundo dos negócios. Mudança esta voltada à responsabilidade social das empresas, já que as mesmas vêm se deparando com uma forte pressão de seus stakeholders em relação a sua posição frente à ética. A visão que antes era predominante, como a maximização de lucros e acumulação de riqueza, nos dias atuais não é mais sustentada por uma parcela expressiva de empresários. O mundo clama por socorro. O avanço da tecnologia e a facilidade de obter informações trouxeram às pessoas uma nova forma de exigir seus direitos, visando o futuro das gerações. Assuntos ambientais, sociais e legais estão se introduzindo cada vez mais na dimensão da ética e da gestão das organizações. Como uma nova forma de pensamento entre o empresariado, surgiu o projeto Economia de Comunhão (EdC). “O diferencial desse projeto está na gestão de relacionamentos e na ética de suas ações” (PINTO e LEITÃO, 2006, p. 12) Neste sentido, o presente trabalho tem por objetivo esclarecer pontos cruciais da EdC e demonstrar resultados satisfatórias por meio do estudo de caso de uma empresa participante do projeto, mostrando para o leitor que é possível seguir os padrões da ética, ser responsável socialmente e obter lucro ao mesmo tempo, contribuindo assim para um futuro melhor.
metadata.dc.description.abstractother: The following essay's objective is to bring a change's perspective to the business world. This change is to be focused on enterprise's social responsibilities, since those have been facing substantial pressure from its stakeholders concerning their position in the ethics' field. The formerly dominating views, like profit maximization and capital accumulation, nowadays are no longer supported by a meaningful number of entrepreneurs. The world calls for help. Technologic advances, allied to the facilitated access to information provided to people a new way to demand their rights aiming the generations' future. Environmental, social and legal issues are becoming more present in the ethics and management dimensions inside the institutions. As a new way of thinking among the business community has emerged the project: Communion Economy (EdC – Economia de Comunhão). “This project differential is in the relationship management and in its actions' ethics” (PINTO e LEITÃO, 2006, p. 12). In this sense, the essay presented ahead intends to clarify crucial points of EdC and evidence satisfying results by using the case study of one of the companies that takes part in the project, demonstrating to the reader that it is possible to follow ethics' patterns, be socially responsible, and make a profit simultaneously; contributing, this way, to a better future.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7724
Appears in Collections:VGD - Trabalhos de Conclusão de Curso - Volta Redonda



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons