Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7734
Title: Caracterização das propriedades mecânicas e microestruturais do ferro pudlado
Authors: Oliveira, Iara Gripp
metadata.dc.contributor.advisor: Pardal, Juan Manuel
metadata.dc.contributor.members: Martins, Tabatta Regina de Brito
Tavares, Sérgio Souto Maior
Issue Date: 2018
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: OLIVEIRA, Iara Gripp. Caracterização das propriedades mecânicas e microestruturais do ferro pudlado. 2018. 80f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Escola de Engenharia, Universidade Federal Fluminense, 2018.
Abstract: Em meio à revolução industrial veio a necessidade de materiais que atendessem as novas exigências requeridas em termos de qualidade e produtividade. Nesse contexto, Henry Cort, em 1784, tinha desenvolvido um novo processo de fabricação de materiais ferrosos, nomeado como Puddling Process, que daria origem ao ferro pudlado, revolucionando todo setor metalúrgico. Devido às limitações tecnológicas da época, o ferro pudlado consistia essencialmente de uma microestrutura heterogênea composta basicamente de ferrita e inclusões grosseiras não metálicas. Contudo, muitas construções foram efetuadas com este tipo de material ao redor do mundo. O principal objetivo deste trabalho é avaliar as propriedades mecânicas e microestruturais por microscopias óptica (MO) e eletrônica de varredura (MEV), fazendo uso de espectroscopia por dispersão de energia (EDS), assim como por microtomografia computadorizada permitindo efetuar uma correlação entre os resultados das técnicas de caracterização efetuadas. Os resultados indicam uma forte interação da anisotropia do material com as propriedades mecâncas de dureza, tração e impacto, aqui abordadas. Assim, é sugerido um controle exaustivo microestrutural de componentes estruturais construídos com essa classe de material, considerando o seu longo período de uso, em virtude de potenciais alterações nas propriedades mecânicas locais, já que muitas destas estruturas solicitadas ciclicamente ainda se encontram em operação.
metadata.dc.description.abstractother: In the midst of the industrial revolution came the need for materials that met the new requirements demanded in terms of quality and productivity. In this context, Henry Cort, in 1784, developed a new manufacturing process of ferrous materials, named as Puddling, which consists of a metal fermentation process, revolutionizing the entire metallurgical sector. Due to the technological limitations of the time, the puddled iron consisted mainly of a heterogeneous microstructure composed basically of ferrite and coarse nonmetallic inclusions. However, many constructions were made with this type of material around the world. The main objective of this work is to evaluate the mechanical and microstructural properties by light optical microscopy (LOM) and scanning electron microscopy (SEM), as well as energy dispersive spectroscopy (EDS) and computerized microtomography, allowing a correlation between the results of the characterization techniques. The results indicate a strong interaction of the anisotropy of the material with the mechanical properties of hardness, traction and impact, discussed here. Thus, it is suggested an exhaustive microstructural control of structural components made with this class of material, considering its long period of use, due to the potential changes in the local mechanical properties they might have suffered, since many of these cyclically requested structures are still in operation.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7734
Appears in Collections:TGM - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
IaraGrippSemAssinatura.pdf3.38 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons