Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/777
Title: Prevenção de hidratos com adição de inibidores
Authors: Almeida, Lara Maria Toledo Reis
metadata.dc.contributor.advisor: Ahón, Víctor Rolando Ruiz
metadata.dc.contributor.members: Vallejos Carrasco, Alfredo Moisés
Siqueira, Saulo Lourenço
Issue Date: 14-Sep-2015
Abstract: Este trabalho apresenta uma revisão bibliográfica sobre Hidrato. Serão abordadas as características do hidrato, condições de formação, o entendimento da cinética de formação, onde pode ser formado e ainda os problemas que podem ser gerados pela presença do hidrato. São estudadas algumas medidas preventivas para evitar a formação de hidrato, tais como adição de inibidores e ainda ensaio reológico, calorimétrico e microscópico. Devido a descobertas de grandes áreas contendo hidrato de metano pelo mundo, alguns países, incluindo o Brasil, já estudam a viabilidade da utilização do mesmo como fonte de energia para substituição do carvão e do óleo. Foi desenvolvido um estudo de caso utilizando o simulador HYD III onde situações práticas envolvendo formação de hidrato serão analisadas e discutidas. Os resultados mostram que quanto maior a quantidade de inibidor injetado em um poço aumenta a área que se pode operar sem a formação de hidrato, além da redução da temperatura de dissociação e o aumento da pressão de dissociação do hidrato.
metadata.dc.description.abstractother: This project presents a literature review about Hydrate. It will address the Hydrate characteristics, its formation conditions, the kinetic understanding of the Hydrate formation, where it can be created and also the problems that can be generated. We will see here preventive methods to avoid Hydrate formation, such as addition of inhibitors and also rheological, calorimetric and microscopic tests. Large areas in the world have been discovered containing methane Hydrate and because of that, some countries, including Brazil, are studying the feasibility of using it as an alternative energy source to replace coal and oil. A study case was developed using the HYD III simulator where practical situations involving Hydrate formation will be analyzed and discussed. The results show that the greater the amount of inhibitor injected into a well, the greater the displacement of the Hydrate envelope curve to the left, increasing the range that can be operate without formation of a Hydrate, as well as increasing the dissociation pressure and reducing the dissociation temperature of the Hydrate.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/777
Appears in Collections:TGO - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Monografia Final.pdf1.48 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.