Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7787
Title: O ensino a distância (EaD) no novo século: democratização do acesso ou conservação da desigualdade estrutural?
Authors: Souza, Andréa Cristina Viana de
metadata.dc.contributor.advisor: Pereira, Larissa Dahmer
metadata.dc.contributor.members: Vale, Andréa Araújo do
Almeida, Ney Luiz Teixeira de
Issue Date: Oct-2017
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Abstract: Esse trabalho de dissertação tem como objetivo a análise crítica da política de educação superior brasileira, inscrita no panorama de contrarreforma do Estado, mundialização do capital e reestruturação da produção. Assim, por meio de uma perspectiva crítica ao senso comum acerca da ideia de desenvolvimento, utilizamos o conceito de capitalismo dependente e a crítica à teoria do capital humano para analisar nosso objeto, qual seja, o processo expansionista do nível superior de educação, no período pós Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN/1996), que aparece no cotidiano, ideologicamente, como uma forma de democratização do acesso ao patamar superior de ensino no país, principalmente mediante a modalidade de EaD. Nossa hipótese é de que tal mecanismo expansionista consolida a histórica desigualdade estrutural que atravessa o ensino superior no país, posto que, concorre para a transformação do ensino superior em mercadoria, uma vez que a maior parte das matrículas em cursos de graduação na modalidade de EaD se concentra sobremaneira em instituições pertencentes ao setor privado e em cursos ligados à área do conhecimento apontada como Humanas, as menos valorizadas socialmente. Ademais, nesses cursos são formados profissionais para trabalhar no campo da reprodução social, ou seja, difundindo uma perspectiva conservadora da ordem em vigor. A metodologia utilizada envolveu a leitura de textos baseados no referencial crítico à ideologia desenvolvimentista, bem como do pensamento sobre a teoria do capital humano (TCH), que sustenta o pensamento dominante sobre as questões da educação. Estudamos ainda bibliografia referente à ideologia do capital social e pedagogia das competências. Outrossim, foi realizada a leitura de documentos oficiais do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira do Ministério da Educação (INEP/MEC), as Sinopses Estatísticas da Educação Superior e os Resumos Técnicos da Educação Superior disponibilizados na página eletrônica da instituição. A partir da leitura de documentos, dados e informações relativos à oferta do ensino superior foram coletados, sistematizados e apresentados por meio de tabelas e gráficos com a finalidade de problematizar a direção do processo de alargamento do ensino superior: tal movimento vem conservando a desigualdade estrutural que perpassa nossa sociedade, pois se concentra em cursos da área de conhecimento de Humanas. Assim, para uma determinada parcela da classe trabalhadora, a modalidade de EaD é um instrumento para possibilitar sua entrada no nível superior de educação de modo subalterno, ao mesmo tempo em que alimenta o mercado educacional, amplia as estatísticas educacionais do país e mantém os salários dessa força de trabalho formada pelo EaD rebaixados.
metadata.dc.description.abstractother: This dissertation aims to the critical analysis of the Brazilian higher education policy, entered in the panorama of counterreformation the State, globalization of capital and restructuring of production. Thus, through a critical perspective to common sense about the idea of development, we use the concept of dependent capitalism and criticism of human capital theory to analyze our object, namely, the expansionist process of higher level of education, post guidelines and Bases for national education (LDBEN/1996), which appears in the daily, ideologically, as a form of democratization of access to higher education level in the country, mainly through distance learning mode. Our hypothesis is that such expansionist engine consolidates the historical structural inequality across the higher education in the country, since, competes for the transformation of higher education in goods, since most of the enrollment in undergraduate courses in Learning mode focuses particularly in institutions belonging to the private sector and in courses related to the field of knowledge as the human less valued socially. Furthermore, these courses are trained professionals to work in the field of social reproduction, that is, promoting a conservative perspective of the order in force. The methodology involved the reading of texts based on critical developmental ideology referential, as well as thinking about the theory of human capital (TCH), which supports the dominant thinking on the issues of education. We study for the bibliography still capital ideology and pedagogy of competences. In addition, the reading of official documents of the Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, Ministry of education (INEP/MEC), the higher education statistics Synopses and summaries of Technical higher education provided on the home page of the institution. From the reading of documents, data and information relating to the provision of higher education were collected, systemized and presented through tables and charts with the purpose to discuss the direction of the enlargement process in higher education: such a move comes saving the structural inequality that pervades our society, because it focuses on courses in the area of Human knowledge. Therefore for a certain portion of the working class, the EaD is an instrument to provide your input on the level of education of subordinate mode, while supplying the educational market, expands educational statistics in the country and maintains the wages of this work force formed by EaD relegated.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7787
Appears in Collections:PPGSSDR - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ANDRÉA CRISTINA VIANA DE SOUZA DISSERTAÇÃO 2017 (1).pdf2.06 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons