Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/781
Title: Os impactos do shale gas/shale oil na indústria petroquímica e as perspectivas para o Brasil
Authors: Guimarães, Felipe Amaral
Bulcão, Nina Wargas de Faria Roma
metadata.dc.contributor.advisor: Silva, Rosenir Rita de Cássia Moreira da
metadata.dc.contributor.members: Dias, Luiz Antônio Corrêa
Azevedo, Júlia Pinto Athanázio de
Issue Date: 14-Sep-2015
Abstract: Este trabalho vem apresentar os impactos do advento do shale gas/shale oil na indústria petroquímica, com base no estudo de caso norte-americano, além de trazer as perspectivas para o Brasil. O shale gas é um gás não convencional proveniente de uma rocha geradora rica em argila que se apresenta em camadas, sendo chamadas de folhelhos. O shale oil, por sua vez, é o óleo que é extraído destas rochas. Estes compostos são ótimos atrativos para um potencial aumento de produtividade da indústria petroquímica, otimizando a produção de cortes mais leves do petróleo, em detrimento dos mais pesados. Com isso, o trabalho também traz a abordagem sobre a influência que o shale gas/shale oil possui na produção e no consumo destes produtos impactados. Foram avaliadas algumas tecnologias já existentes no mercado e estudadas novas oportunidades de produção, vislumbrando o gap deixado pela utilização de shale gas/shale oil nas refinarias. Dentre os produtos impactados, destacam-se o Propeno, a Gasolina, BTX (Benzeno, Tolueno e Xileno) e o Coque. Nos EUA, esta mudança de paradigma na indústria acarreta no estudo de novas oportunidades para destinar o excedente produzido nesta nova configuração, destacando-se os processos de conversão petroquímica e de exportação para países com alta demanda. Já para o Brasil, este cenário não se reproduz de maneira tão forte quanto nos EUA, mas ainda é necessária a prospecção de novos mercados deficientes em produtos abundantes na indústria brasileira e a agregação de valores produtivos para outros produtos (C4 e BTX).
metadata.dc.description.abstractother: This work presents the impact of the advent of shale gas and shale oil in the petrochemical industry, based on the North American USA case and bringing on perspectives to Brazil s trade. The shale gas is a non-conventional gas originally derived from a clay rich rock that presents itself in layers, so called shales. The shale oil, similarly, is the oil extracted from this rock. These compounds are extremely attractives for a potential boom of the petrochemical industry, optimizing the production of the light excerpts from the petroleum, regardless the heavy ones. In addition, this work also shows the influence of the shale gas/shale oil in the production and in the use of these products. There were evaluated existents technologies on the market and studied new opportunities of production, aiming the gap left from shale gas/shale oil in the refineries. Between the products, the most important ones are Propylene, Gasoline, BTX (Benzene, Toluene and Xylene) and Coke. In USA, this change of paradigm in industry will occur in studies of new opportunities to direct the exceeding production of this new configuration, highlighting the processes of chemical conversion and the exportation to countries with high demand. To Brazil, this scenario will not be the same as in USA, but it is still necessary the prospection of new countries as possible candidates to receive these abundant products of Brazil s industry and the enhancement of the productive value to others (C4 e BTX).
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/781
Appears in Collections:TGQ - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC - NINA E FELIPE -.pdfTCC - Nina e Felipe - Eng. Química3.62 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.