Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7818
Title: Educação em saúde nos parâmetros curriculares nacionais do ensino médio: uma análise documental
Authors: Miranda, Daniel Nunes
metadata.dc.contributor.advisor: Koifman, Lilian
metadata.dc.contributor.advisorco: Teixeira, Gerlinde
metadata.dc.contributor.members: Koifman, Lilian
Souza, Cláudia March Frota de
Rabello, Elaine Teixeira
Issue Date: 2018
Abstract: Este estudo se propôs a analisar a importância dada à Educação em Saúde no Ensino Médio do país, apontando os aspectos que tratam da Educação em Saúde nos Parâmetros Curriculares Nacionais do Ensino Médio (PCNEM). Consideramos que a preocupação com o que deve ser trabalhado nas instituições de Ensino Médio pode ser observada na inserção da saúde na proposta pedagógica. Também consideramos que o ambiente escolar possui espaço propício para a inserção da saúde de forma transversal ao currículo e possibilita resultados para a vida do indivíduo. Nessa perspectiva, esta pesquisa foi desenvolvida em quatro etapas. A primeira etapa consistiu em evidenciar políticas públicas que norteiam as propostas e ações de Educação e Saúde no Brasil. A Segunda etapa se deu a partir de uma revisão da literatura nos periódicos da CAPES, com levantamento dos artigos que tratam da “Educação em Saúde no Ensino Médio”. A terceira etapa consistiu em fazer o levantamento de temáticas da saúde presentes nos PCNEM. A quarta etapa objetivou analisar o conteúdo encontrado nos PCNEM, utilizando como aporte teórico os artigos selecionados na revisão da literatura. Na revisão da literatura foram encontradas: 7 publicações do Portal do MEC, 1 publicação do Educabrasil, 1 publicação do portal da UNESCO, 3 publicações do Portal do FNDE, 12 publicações do Portal da Saúde, 2 publicações do Portal das Câmara dos Deputados, 2 publicações do Portal do Senado Federal, 3 publicações do Portal do Palácio do Planalto, 2 publicações do Portal Jusbrasil e 13 publicações do Portal da Imprensa Nacional. Desse levantamento, 64 artigos foram selecionados, por atenderem a todos os critérios de inclusão. Os temas encontrados nos PCNEM que abordavam em seu conteúdo a Educação em Saúde foram: saúde (80), meio ambiente (15) e qualidade de vida (26); alimentação (11), dieta (4) e nutrição (3); atividade física (20) e linguagem corporal (19); reprodução (24), sexualidade (13), DST (2) e saúde sexual e reprodutiva (1); preconceito (36) e discriminação (8); drogas (5); higiene (2); segurança (10) moradia (4); transporte (31); e reprodução de valores (1). Os temas que tratam da higiene, segurança, moradia e transporte tiveram pouca representatividade no trabalho. Os temas preconceito e discriminação tiveram ampla abordagem dos PCNEM, entretanto, não foram encontrados estudos na literatura com representatividade para dialogar sobre o assunto proposto. Os demais temas apresentaram preocupação em formar o aluno com autonomia e poder para lidar com questões ampliadas, de maneira a não se limitar a um aprendizado estritamente biológico e técnico. Concluímos que os PCNEM propõem a Educação em Saúde como parte integral das disciplinas do Ensino Médio, por isso não deve se apresentar como uma nova disciplina. O objetivo é que o aluno construa autonomia à medida que adquire conhecimento acerca de questões relacionadas à saúde, que o possibilite fazer escolhas que o tornem ator de sua cidadania
metadata.dc.description.abstractother: This study aimed to analyze the importance given to Health Education in High School in the country, pointing out the aspects that deal with Health Education in the National Curricular Parameters of High School (PCNEM). We consider that the concern with what must be worked in the institutions of high school can be observed in the insertion of health in the pedagogical proposal. We also consider that the school environment has a space conducive to the insertion of health in a transversal way to the curriculum and allows results for the life of the individual. From this perspective, this research was developed in four stages. The first step consisted in evidencing public policies that guide the proposals and actions of Education and Health in Brazil. The second stage was based on a review of the literature in CAPES journals, with a survey of the articles dealing with "Health Education in High School." The third step consisted in surveying the health topics present in the PCNEM. The fourth step was to analyze the content found in the PCNEM, using as theoretical contribution the articles selected in the literature review. In the literature review were found: 7 publications of the Portal do MEC, 1 publication of Educabrasil, 1 publication of the UNESCO portal, 3 publications of the Portal of the FNDE, 12 publications of the Portal of Health, 2 publications of the Portal of the Chamber of Deputies, publications of Portal do Senado Federal, 3 publications of Portal do Palácio do Planalto, 2 publications of Portal Jusbrasil and 13 publications of Portal da Imprensa Nacional. From this survey, 64 articles were selected because they met all the inclusion criteria. The themes found in the PCNEM that addressed health education were: health (80), environment (15) and quality of life (26); diet (11), diet (4) and nutrition (3); physical activity (20) and body language (19); reproduction (24), sexuality (13), STD (2) and sexual and reproductive health (1); prejudice (36) and discrimination (8); drugs (5); hygiene (2); security (10); housing (4); transport (31); and reproduction of values (1). The topics dealing with hygiene, safety, housing and transportation had little representativeness at work. The themes of prejudice and discrimination had a broad approach to PCNEM, however, no studies were found in the literature with representativeness to discuss the proposed subject. The other themes presented a concern to train students with autonomy and power to deal with extended issues, so as not to limit themselves to strictly biological and technical learning. We conclude that PCNEM propose Health Education as an integral part of High School disciplines, so it should not present itself as a new discipline. The goal is for the student to build autonomy as he acquires knowledge about health-related issues, which enables him to make choices that make him an actor of his or her citizenship.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7818
Appears in Collections:PPGSC - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Daniel Nunes Miranda Dissertação.pdf757.51 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons