Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7833
Title: Desenvolvimento de semissólidos a base de extratos padronizados de Punica granatum e avaliação da atividade cicatrizante
Authors: Fleck, Aline
metadata.dc.contributor.advisor: Santos, Wilson da Costa
metadata.dc.contributor.advisorco: Machado, Thelma
metadata.dc.contributor.members: Viçosa, Alessandra Lifsitch
Elias, Sabrina Calil
Simas, Naomi Kato
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Abstract: O presente estudo teve como objetivo desenvolver formulações semissólidas em gel e creme, sendo estas formulações fitoterápicas preparadas à base de extratos padronizados do pericarpo de frutos de romã (Punica granatum L.). A literatura científica descreve o pericarpo dos frutos de romã como rico em taninos do tipo elágico, tais como a punicalina e a punicalagina. Esses taninos possuem propriedades cicatrizantes ligadas à sua atividade antioxidante, antinflamatória e antimicrobiana. Em estudos anteriores, a punicalagina foi descrita como a substância responsável pela atividade antimicrobiana da romã frente a bactérias multirresistentes aos antimicrobianos convencionais. Além disso, os resultados obtidos em um estudo de caso realizado por nosso grupo de pesquisas demonstraram a grande potencialidade de uma formulação fitoterápica de uso tópico a base de extrato de romã na terapia de feridas de difícil tratamento. Nesse sentido, buscou-se propor a padronização de formulações fitoterápicas a base de extratos de romã a 2% (p/p), tendo como marcador químico um dos dois taninos do tipo elágico. As formulações foram submetidas aos estudos de estabilidade, viscosidade, espalhabilidade, pH, controle microbiológico e controle quantitativo do teor dos marcadores químicos propostos no estudo. As formulações, independente da embalagem utilizada, bisnagas de polietileno ou alumínio, ou condições de armazenamento para teste de estabilidade (30oC e 40oC, 75% UR) e tempo (0, 3 e 6 meses), mostraram a manutenção de excelentes caraterísticas de espalhabilidade, podendo assim evitar o desconforto do paciente na aplicação do produto; uma viscosidade adequada, permitindo assim a aderência do produto ao ferimento; e pH na faixa ideal para a pele humana. Os resultados do estudo demonstraram que a formulação em gel iônico (hidrogel) manteve as melhores concentrações de punicalagina quando comparadas ao T0. O hidrogel a 2% (p/p) apresentou as características físicas e químicas mais adequadas, e por meio do estudo préclinico demonstrou ser um agente cicatrizante promissor para futuros estudos clínicos sobre suas propriedades antimicrobiana e cicatrizante.
metadata.dc.description.abstractother: The present study aimed to formulate and evaluate semisolid herbal formulations, gel and cream, based on standardized extracts of pomegranate fruit pericarp (Punica granatum L.). The scientific literature describes the pomegranate pericarp of fruits as rich in ellagic tannins, such as punicalagin and punicalin. These tannins have healing properties associated with their antioxidant, anti-inflammatory and antimicrobial activity. In previous studies, punicalagin was described as the compound responsible for the antimicrobial activity of pomegranate against multiresistant bacteria. In addition, the results obtained in a case study conducted by our research group showed the great potential of a topical herbal formulation with pomegranate extracts in the therapy of difficult wounds. In this direction, the proposed work was based on the standardization of herbal formulations with 2% (w/w) pomegranate extracts, using one of these ellagic tannins as chemical marker. The formulations, regardless of the packing used polyethylene tubes or aluminum, or storage location for the stability test (30°C, ambient humidity and 40°C, 75% RH) and time (0, 3 and 6 months) showed to maintain excellent spreadability characteristics and can therefore, avoid patient discomfort on application of the product; a proper viscosity, thus allowing adhesion of the product to the wound; and pH in the optimal range for human skin. The results of the study demonstrate that the formulation of ionic gel (hydrogel) remained the best punicalagin concentrations when compared to T0. The hydrogel 2% (w/w) exhibited adequate physical and chemical characteristics, and through pre-clinical study demontrou be a promising healing agent being chosen as the ideal herbal formulation for future clinical studies of its antimicrobial properties and healing .
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7833
Appears in Collections:PPG-CAPS - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Fleck, Aline.PDF5.62 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.