Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7958
Title: Eu na rede: as redes sociais como vitrine da bioidentidade contemporânea e suas implicações subjetivas
Authors: Silva, Gabriela Prado da
metadata.dc.contributor.advisor: Saint Clair, Ericson Telles
metadata.dc.contributor.members: Vasconcellos, Jorge
Aline, Moschen
Issue Date: 2018
Abstract: A insurgência das redes sociais, decorrente do apogeu da internet no século XX, atravessou os limites virtuais da tela do computador e consolidou-se como uma espécie de extensão da vida do homem contemporâneo – que tem, cada vez mais, moldado o próprio corpo a fim de atender determinado estereótipo de beleza e, assim, exibi-lo na web. Pode-se dizer, portanto, que as redes sociais são espaços férteis e em constante movimento no que tange à subjetividade desse homem. Antes dada de maneira interior ao sujeito e envolta às questões íntimas que lhe conferiam um caráter individual, a criação de uma identidade, atualmente, pauta-se numa série de fatores que primam, dentre outros aspectos, pela saúde física dos corpos e sua exibição na rede. Entendendo o Facebook e o Instagram como zonas propícias para produção das identidades contemporâneas através do dispositivo da curtida, reconhece-se na manifestação do like a ferramenta de consolidação da bioidentidade contemporânea.
metadata.dc.description.abstractother: The insurgency of social networks, due to the height of the internet in the twentieth century, crossed the virtual boundaries of the computer screen and has established itself as a kind of extension of the life of modern man - that is, increasingly shaped his own body to order to meet certain stereotype of beauty and thus display it on the web. It can be said therefore that social networks are fertile areas and in constant motion with respect to subjectivity that man. Before given inner way to the subject and wrapped the intimate issues that gave it an individual character, creating an identity currently agenda on a number of factors that are distinguished, among other things, the physical health of the body and its display in network. Understanding Facebook and Instagram as favorable areas for production of contemporary identities through the leathery device, it is recognized in like the manifestation of the consolidation tool of contemporary bioidentidade.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7958
Appears in Collections:RAE - Trabalho de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Gabriela Prado.pdfMonografia de Conclusão de Curso1.05 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.