Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7970
Title: Os excessos da prisão preventiva e a sua influência para a superpopulação carcerária
Authors: Gama, Laís Montalvão
metadata.dc.contributor.advisor: Câmara, Andreza Aparecida Franco
Issue Date: Dec-2017
Abstract: O presente trabalho tem como enfoque o desenvolvimento dos principais pontos críticos da prisão cautelar preventiva. Para tanto, foi desenvolvido um estudo acerca da ausência de prazo do instituto bem como da sua influência para a superpopulação carcerária. Notou-se que a falta de prazo legal para a duração máxima da medida atribui um caráter definitivo à modalidade prisional, fugindo aos ideais constitucionais. Destacou-se, ainda, que a prisão preventiva tem sido excessivamente decretada, tendo em vista o caráter subjetivo do pressuposto da ordem pública, bem como a utilização dos demais pressupostos, conveniência da instrução criminal e para assegurar a aplicação da lei penal, por mera conveniência. Por fim, concluiu-se que o número exorbitante de prisões cautelares tem influenciado diretamente na superpopulação carcerária, razão pela qual a aplicação da medida deveria ser repensada no Brasil.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7970
Appears in Collections:MDI - Trabalho de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC - Laís (Final).pdf553.95 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons