Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/8082
Title: Inibidores de corrosão naturais: uma comparação com substâncias de uso comercial
Authors: Souza, Lucas Callado e
metadata.dc.contributor.advisor: Oliveira, Fernando César Lopes de
metadata.dc.contributor.advisorco: Maia, Mônica Pinto
metadata.dc.contributor.members: Monteiro, Alessandra da Rocha Dualibe
Reis, Silmar da Silva
Issue Date: 2018
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Souza, Lucas Callado e. Inibidores de corrosão naturais: uma comparação com substâncias de uso comercial. 2018. 104 f. Projeto Final (Bacharelado em Engenharia Química). - Departamento de Engenharia Química e Petróleo, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2018.
Abstract: Este trabalho trata da comparação do desempenho de inibidores de corrosão, tendo como objetivo determinar a competitividade técnica dos inibidores de corrosão verdes frente aos inibidores de uso comercial. Neste sentido, foram escolhidos como representantes dos inibidores de corrosão verdes o extrato de camomila e dos inibidores comerciais, o molibdato de sódio. Foi realizada uma abordagem eletroquímica do processo corrosivo, a partir do qual os principais conceitos foram fundamentados, permitindo elucidar o mecanismo de atuação dos inibidores escolhidos como representantes. Para avaliar o desempenho destas substâncias foi aplicado o método da perda de massa, sendo as eficiências de inibição resultantes as principais variáveis empregadas na comparação. Os inibidores foram testados em soluções aquosas de ácido clorídrico à temperatura ambiente, sob agitação. Os extratos foram obtidos através de imersão em água destilada por 24h, sob agitação. O extrato de camomila superou o molibdato de sódio, apresentando uma eficiência de inibição máxima de 96,9% para um teor de 5,0 g.L-1. Além dos resultados obtidos experimentalmente, o desempenho da camomila superou resultados existentes na literatura
metadata.dc.description.abstractother: This work deals with the comparison of the performance of corrosion inhibitors, aiming to determine the technical competitiveness of the green corrosion inhibitors against the inhibitors of commercial use. In this sense, chamomile extract and, sodium molybdate, were chosen as representatives of the green corrosion inhibitors and the commercial inhibitors, respectively. An electrochemical approach of the corrosive process was carried out, from which the main concepts were based, allowing to elucidate the mechanism of action of the chosen inhibitors as representatives. To evaluate the performance of these substances, the mass loss method was applied, and the inhibition efficiencies were the main variables used in the comparison. The inhibitors were tested in aqueous solutions of hydrochloric acid at room temperature with stirring. The extracts were obtained by immersion in distilled water for 24 hours with stirring. Chamomile extract exceeded sodium molybdate, exhibiting a maximum inhibition efficiency of 96.9% at a 5.0 g.L-1 content. In addition to the results obtained experimentally, the performance of chamomile outperformed results in the literature
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/8082
Appears in Collections:TGQ - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Lucas Callado.pdf2.67 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons