Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/8112
Title: A reprodução do racismo na atividade policial da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro.
Authors: Santos, João Carlos Barbosa dos
metadata.dc.contributor.advisor: Amorim, Paula Kapp
metadata.dc.contributor.members: Soares, Maria Raimunda Penha
Teixeira, Bruno Ferreira
Issue Date: 2018
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Santos, João Carlos Barbosa dos. A reprodução do racismo na atividade policial da Polícia Militar do estado do Rio de Janeiro / João Carlos Barbosa dos Santos ; Paula Kapp Amorim, orientadora. Rio das Ostras, 2018.
Abstract: O objetivo deste trabalho é refletir sobre a reprodução do racismo na ação da polícia militar do estado do Rio de Janeiro. Para tanto, utilizamos como fonte de pesquisa e estudo o acervo bibliográfico sobre os temas de raça e estudos da criminologia crítica. Ainda, realizamos uma pesquisa com dados secundários com pesquisas de instituições como o Instituto de Segurança Pública do estado do Rio de Janeiro – ISP/RJ e do Ministério da Justiça através do Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias – INFOPEN, que falam dos índices da letalidade e mortalidade de civis e policiais militares, bem como do perfil da população carcerária no Rio de Janeiro e no Brasil. Procuramos assim sistematizar algumas sínteses sobre a questão do mito da democracia racial, discorrendo sobre o conceito de racismo, preconceito, discriminação, sobre o sistema penal e sua relação com o estado neoliberal, sobre o processo de criminalização da pobreza e a militarização no estado do Rio de Janeiro. Além desses, trouxemos outros elementos para o debate e dessa forma, construímos com base em vários autores, reflexões sobre o processo histórico de formação e desenvolvimento da sociedade brasileira fundada sob o sistema escravista, sobre a ação repressiva, belicista, seletiva e focalizada da polícia militar; a construção política do crime e do criminoso, sobre a trajetória da estruturação da segurança pública no Brasil e o surgimento da polícia militar no estado do Rio de Janeiro, para pensarmos como a PMERJ contribui para a reprodução do racismo na sociedade. A realização desse breve resgate histórico e a correlação entre esses elementos que citamos acima nos remete a uma política de segurança pública de controle e extermínio; uma violência dupla perpetrada pelo Estado que tem vitimado civis e policiais militares, resultando num genocídio da população negra e pobre do país.
metadata.dc.description.abstractother: The objective of this work is to reflect on the reproduction of racism in the action of the military police of the state of Rio de Janeiro. For that, we used as a source of research and study the bibliographic collection on the themes of race and critical criminology studies. In addition, we conducted a research with secondary data with researches from institutions such as the Institute of Public Security of the state of Rio de Janeiro - ISP / RJ and the Ministry of Justice through the National Survey of Penitentiary Information - INFOPEN, which speak of the indices of lethality and mortality of civilians and military police, as well as the profile of the prison population in Rio de Janeiro and Brazil. We have tried to systematize some summaries of the myth of racial democracy, discussing the concept of racism, prejudice, discrimination, the penal system and its relationship with the neoliberal state, the process of criminalizing poverty and militarization in the state of Rio de Janeiro. In addition to these, we have brought other elements to the debate and thus, we have built on several authors, reflections on the historical process of formation and development of the Brazilian society founded under the slave system, on the repressive, warlike, selective and focused action of the police military; the political construction of crime and the criminal, on the trajectory of the structure of public security in Brazil and the emergence of the military police in the state of Rio de Janeiro, to think how PMERJ contributes to the reproduction of racism in society. The achievement of this brief historical rescue and the correlation between these elements that we mentioned above refers to a policy of public security of control and extermination; a double violence perpetrated by the state that has killed civilians and military police, resulting in a genocide of the black and poor population of the country.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/8112
Appears in Collections:RGS - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC - João Carlos Barbosa dos Santos.pdfMonografia de conclusão de curso.770.62 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.