Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/8171
Title: Percurso histórico da palavra COMO: de advérbio a preposição
Authors: Carvalho, Wandercy de
metadata.dc.contributor.advisor: Silva, Edila Vianna da
metadata.dc.contributor.advisorco: Nobre, Mônica Maria Rio
metadata.dc.contributor.members: Cavaliere, Ricardo Stavola
Valente, André Crim
Albuquerque, Francisco Edviges
Issue Date: 2014
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Abstract: Temos como objetivo identificar e descrever a origem e os processos de transformação do vocábulo quomodo > como, do latim aos dias atuais; de igual modo, investigar os motivos ou razões que propiciaram a esta palavra desenvolver diferentes funções sintáticas e morfológicas, ou seja, pesquisar as origens da polissemia de como. A tese está inserida na perspectiva histórica da língua, com base nos textos que compõem a fonte teórica, entre os quais, a Gramática da língua latina, de E. Faria; Dictionnaire étymologique de la langue latine, de Ernout et Meillet; Sintaxis y semántica de como, de Ayora; Gramática de usos do português, de Neves. Os corpora são compostos por textos escritos extraídos de quatro sincronias distintas: Latim arcaico (século II a. C.); Português arcaico (séculos XIII e XVI); e 44 redações de estudantes pré-universitários, que representam a contemporaneidade na presente análise. Procurou-se dar conta das alterações gramaticais sofridas pela palavra COMO, desde sua origem latina até o emprego do item no português atual, além de sistematizar suas várias acepções e empregos. Constatou-se que o advérbio latino quomodo, no seu percurso histórico, preencheu espaços semânticos e sintáticos, deixados vagos pelo desaparecimento de outros vocábulos latinos, de modo que, na atualidade, o termo correspondente em português – COMO - é empregado morfologicamente em quatro classes distintas – advérbios, conjunções, pronome relativo e preposição. Os resultados demonstram que o advérbio quomodo foi registrado em suas variantes, ao longo do tempo, nos compêndios didáticos e, por fim, assumiu a forma como. A referida palavra, por sua vez, preencheu o lugar de diferentes palavras latinas, que não sobreviveram ao tempo. Assumiu, então, aqueles valores semânticos diferenciados com que é empregada na contemporaneidade.
metadata.dc.description.abstractother: This paper aims to identify and describe the origin and the transformation processes of the word quomodo > como1, from Latin to current Portuguese; it also aims to investigate the reasons that enabled this word to develop different syntactic and morphological functions, that is, to investigate the origins of the polysemy of como. The thesis deals with the historical perspective of the language based on texts that make up the theoretical source of the study, among which we can cite Gramática da língua latina, E. Faria; Dictionnaire étymologique de la langue latine, Ernout, A. & Meillet, A; Sintaxis y semántica de como, A. M. Ayora; Gramática de usos do português, Neves. The corpora are composed by written texts taken from four distinct synchronic periods: Old Latin (II Century b. C.); Old Portuguese (XIII and XVI Centuries); and 44 compositions of pre-university students, which represent the contemporary time in the analysis. The work deals with the grammar alterations that the word COMO has suffered since its Latin origin until its use in current Portuguese, it also intends to systematize its several concepts and uses. It was found that the Latin adverb quomodo, in its historical journey, filled semantic and syntactic spaces left by the disappearing of other Latin words, in such a way that, nowadays, the correspondent term in Portuguese – COMO – is morphologically used in four distinct classes – adverbs, conjunctions, relative pronouns and prepositions. The results show that the adverb quomodo was registered in its variations throughout the years in didactic materials and finally turned into como; which, by the way, replaced different Latin words that haven‟t lasted through time. It has, therefore, assumed the different semantic values with which it is used nowadays.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/8171
Appears in Collections:POSLING - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ZZZZ_NOVISSIMA_TESE_Versão_definitiva.pdf7.41 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons