Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/8192
Title: Cosmopolitas da mesma aldeia: um estudo sobre a formação e a consolidação do sistema literário moçambicano a partir da obra de quatro poetas
Authors: Meloni, Otavio Henrique Rodrigues
metadata.dc.contributor.advisor: Jorge, Silvio Renato
metadata.dc.contributor.members: Taborda, Terezinha
Quelhas, Iza Terezinha Gonçalves
Silva, Renata Flávia da
Padilha, Laura Cavalvante
Issue Date: 2013
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Abstract: Ao longo do século XX, foram muitas as mudanças sociais e políticas nas então colônias portuguesas em África. Neste cenário, a literatura encontrou espaço fértil para se consolidar não só como uma prática artística, mas também como manifestação política e social. Em nosso recorte selecionamos Moçambique para nossas análises por acreditarmos que os vários câmbios culturais que fazem parte da história local foram preponderantes para a construção de uma perspectiva literária diversa daquela que encotramos em outros espaços da língua portuguesa em África. Neste trabalho, portanto, analisaremos como a escrita, especificamente a poética, estabeleceu uma tradição literária no país, consolidando, assim, um sistema. Para tal, selecionamos dois autores do pré-independência, José Craveirinha e Rui Knopfli, para analisar duas diferentes matrizes da poesia moçambicana. Completando a proposta, buscaremos os diálogos e recuperações que dois autores contemporâneos realizam com os predecessores. Neste caso, selecionamos Luís Carlos Patraquim e Mia Couto e suas obras de estreia, respectivamente Monção (1980) e Raiz de orvalho (1983), para compreender como se consolida uma tradição literária por meio de uma rede de citações e referências internas e externas. A escolha destes contemporâneos se pautou na relevância de suas obras de estreia para a implementação de uma nova forma de pensar e produzir literatura naquele país. Utilizaremos como referencial teórico principal as ideias de Antônio Cândido com relação ao conceito de sistema literário, os conceitos de memória de Henri Bergson e Maurice Hallbwachs, a discussões sobre intertextualidade e leitura de Laurent Jenny e Antoine Compagnon. Sobre os autores, especificamente, trabalharemos com textos pontuais de críticos como Ana Mafalda Leite, Francisco Noa, Alfredo Margarido e Pires Laranjeira.
metadata.dc.description.abstractother: Throughtout the twentieth century there were various various social and political changes within the Portuguese and African colonies. In this scenario, Literature found fertile ground to strengthen not only as an artistic practice, but also as a political and social manifestation. We focus on Mozambique for we believe that the various cultural exchange which make Art from the local history were preponderant to construct a different literary perspective from the existing Portuguese view in Africa. In this study, therefore, we will analyze how the writing, specifically poetry, established a literary tradition in Mozambique, and thus consolidating a national literary system. Furthermore, we intend to demonstrate how the four Mozambican authors’ characteristics, thematic and references play a predominant role in organizing and strengthening the literary field of that country. We talk about José Craveirinha and Rui Knopfli, poets preceding independence movement, and Luís Carlos Patraquim and Mia Couto, contemporary poets. Along this path, we consider ways of how to reading their works which incorporate elements from other literary systems, besides reaffirming the idea of tradition by means of authors’ quotations, literary works and typical themes of Mozambique. The internal and the external are fragments which add to create and to consolidate the Mozambican literary system. We use as the main theoretical Antonio Candido ideas regarding the concept of system literary concepts memory of Maurice and Henri Bergson Hallbwachs, discussions about intertextuality and reading Laurent Jenny and Antoine Compagnon. About the authors specifically work with specific texts of critics like Ana Mafalda Leite, Francisco Noa, Alfredo Margarido and Pires Laranjeira.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/8192
Appears in Collections:POSLIT - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
texto UFF final - Otavio Henrique Rodrigues Meloni.pdf1.22 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons