Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/8280
Title: Aspectos gerenciais do cuidado de enfermagem na enfermaria de hematologia de um hospital universitário
Authors: Chagas, Amanda Martins Rosa
metadata.dc.contributor.advisor: Fuly, Patrícia dos Santos Claro
metadata.dc.contributor.members: Fuly, Patricia dos Santos Claro
Valente, Geilsa Soraia Cavalcanti
Santos, Mauro Leonardo Salvador Caldeira dos
Issue Date: 2012
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Chagas, Amanda Martins Rosa. Aspectos gerenciais do cuidado de enfermagem na enfermaria de hematologia de um hospital universitário. 2012. 72 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense, 2012.
Abstract: Trata-se de um estudo que tem como objeto a Sistematização da Assistência de Enfermagem no gerenciamento do cuidado ao cliente com distúrbios hematológicos na enfermaria de hematologia do HUAP. Analisando a forma como os enfermeiros, em sua prática diária, na enfermaria de hematologia, sistematizam a assistência de enfermagem e gerenciam o cuidado a pacientes com distúrbios hematológicos. Para isso foi estabelecido como objetivo geral: conhecer os aspectos relativos à gerencia do cuidado profissional de enfermagem na enfermaria de hematologia e como objetivos específicos: identificar ferramentas/ estratégias utilizadas na sistematização da assistência de enfermagem à pacientes com problemas hematológicos; discutir de que forma a sistematização da assistência de enfermagem, ao cliente com problemas hematológicos, facilita a gerência do cuidado e identificar os principais problemas vivenciados pelos enfermeiros no gerenciamento do cuidado. O estudo em questão é do tipo exploratório, descritivo de abordagem qualitativa, realizado na enfermaria de Hematologia de um Hospital Universitário de Niterói-RJ. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa do Centro de Ciências Médicas - Hospital Universitário Antônio Pedro/ UFF, sob o nº 0325.0.258.000-11. Para coleta dos dados utilizou-se o questionário estruturado, com perguntas abertas e fechadas e análise documental. Os dados qualitativos do questionário sofreram um procedimento de análise de conteúdo segundo Bardin. Os resultados deste estudo evidenciaram que metade dos enfermeiros compreendem o que é Gerência do Cuidado, uma vez que relacionam a Gerência do Cuidado a organização da assistência de enfermagem, através do controle dos cuidados diretos e indiretos utilizando o processo de enfermagem. Há aqueles que equivocadamente, se baseiam apenas em partes do processo de enfermagem para explicar o que seria gerência, o que demonstra falta de domínio sobre o assunto. Para metade dos profissionais, o remanejamento da escala e a descontinuidade do trabalho são problemas, relativos a gerência do cuidado, que ele vivenciam. A maioria dos sujeitos entendem Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE), como uma forma de se organizar a assistência e prestar cuidado direto e indireto. Há aqueles que ainda definem erroneamente o significado da SAE. Todos os profissionais afirmam trabalhar de maneira sistemática e apontam como ferramenta/estratégias para sistematizar a assistência o impresso e fases do processo de enfermagem. É notório que os enfermeiros possuem dificuldade em sistematizar a assistência, utilizando todas as fases do processo de enfermagem, bem como não utilizam taxonomias para padronização do registro da assistência prestada. É possível perceber certa contradição nos discursos dos sujeitos, considerando que a metade dos enfermeiros afirmam elaborar diagnósticos de enfermagem, planejar a assistência e prescrever os cuidados, porém, durante a análise documental não foi encontrado diagnósticos de enfermagem e nem a prescrição de enfermagem. Todos os enfermeiros afirmam realizar a avaliação dos resultados, porém, se não há dados suficientes e informações coletadas de maneira completa, entende-se que não é possível avaliar de maneira eficaz a assistência de enfermagem. Conclui-se que os enfermeiros do setor de hematologia, mesmo buscando desenvolver um cuidado integral ao paciente, ainda estão atados ao processo de trabalho baseados em procedimentos técnicos e no trabalho dividido em tarefas, separando as ações gerenciais das direcionadas aos cuidados diretos ao paciente.
metadata.dc.description.abstractother: It is about a study which has a principal object the Systematization of Nursing Care in the management of client care with hematological disorders in hematology unit HUAP.Analyzing the manner as the nurses, in their daily practice, in the hematology sector, systematize nursing care and manage care for patients with hematological disorders. For this it was established as a general goal: knowing the aspects of managing professional nursing care in hematology sector and as specific objectives: identifying tools / strategies used in the systematization of nursing care to patients with blood disorders; to discuss how the systematization of nursing care, to the client with hematological problems, facilitates the management of care and identify the main problems experienced by nurses in the care management. The present study is an exploratory, descriptive qualitative approach, carried out at the Hematology sector of University Hospital, in Niterói-RJ. For data collection it was used a structured questionnaire with open and closed questions and document analysis. Qualitative data from the questionnaire have suffered a procedure of content analysis according to Bardin. The results of this study showed that half of the nurses understand what is the Care Management, once they relate the Care Management to the organization of nursing care, through control of direct and indirect care by using the nursing process. There are those who erroneously rely only on parts of the nursing process to explain what would be management, which shows a lack of knowledgeable about the matter. For half of the professionals, the relocation of the scale and discontinuity of the job are problems related to the care management of care, that they face. Most subjects understand that Nursing Care Systematization (NCS), as a way of organizing care and providing direct and indirect care. There are those who still incorrectly define the meaning of SAE. All professionals assert working in a systematic way and point as a tool / strategy to systematize the assistance and the form phases of the nursing process. It is noticeable that nurses have difficulty in systematizing the assistance, using all phases of the nursing process, and also do not use standardized taxonomies to the health care registry. Is possible to perceive some contradiction in the discourse of the subjects, considering that half of the nurses affirm to develop the nursing diagnoses, planning assistance and prescribe care, but during the document analysis it was not found nursing diagnoses or nursing prescription. All nurses assert perform the evaluation of results, however, if there is no sufficient data and collected information in a complete way, it is understood that it is impossible to effectively evaluate nursing care. It is concluded that the nurses of the hematology sector, even seeking to develop an integral patient care, are still tied to the work process based on technical procedures and work broken down into tasks, separating the management actions from the directed at the direct patient care.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/8280
Appears in Collections:EEAAC - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Amanda Martins Rosa Chagas.pdf401.72 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.