Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/8293
Title: Qualidade de vida de indivíduos com diabetes tipo 2 participantes e não participantes de trabalho educativo em saúde – WHOQOL (BREF): Um estudo comparativo
Authors: Espíndola, Beatriz Carvalho
metadata.dc.contributor.advisor: Sabóia, Vera Maria
metadata.dc.contributor.members: Sabóia, Vera Maria
Valente, Geilsa Soraia Cavalcanti
Daher, Donizete Vago
Issue Date: 2012
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Espíndola, Beatriz Carvalho. Qualidade de vida de indivíduos com diabetes tipo 2 participantes e não participantes de trabalho educativo em saúde – WHOQOL (BREF): Um estudo comparativo. 2012. 86 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense, 2012.
Abstract: Trata-se de um estudo sobre a Qualidade de Vida (QV) de pessoas que vivem com Diabetes Mellitus tipo 2, participantes e não participantes do programa educativo em saúde. A análise da QV deste grupo que cresce a cada dia, favorecerá a criação de tecnologias para aprimorar o cuidado em enfermagem, ressaltando o papel da enfermeira e a importância dos programas educativos. Contribuirá na prevenção de complicações e na operacionalização do processo de trabalho da enfermeira. Diabetes Mellitus (DM) impacta a qualidade de vida, este nível é diminuído devido a variáveis relacionadas à doença. A participação em trabalhos educativos favorece a adesão dos indivíduos e maior responsabilidade com sua saúde, como resultado espera-se melhoria na QV destes indivíduos. Objetivos: Descrever a qualidade de vida da população acometida por Diabetes Mellitus tipo 2 que participa e a que não participa dos grupos educativos em saúde; Analisar a contribuição da educação em saúde na qualidade de vida da população acometida por Diabetes Mellitus tipo 2 nos grupos estudados; e Comparar o impacto da participação em programas educativos na qualidade de vida dos grupos estudados. Metodologia: Abordagem quantitativa. População (n=50) de adultos e idosos, diabéticos tipo 2, divididos no G1 (n=25) frequentando consultas de enfermagem e no G2 (n=25) frequentando consultas de endocrinologia, e nunca participaram do programa educativo. Para coleta de dados utilizou-se o instrumento de caracterização de dados e o WHOQOL-Bref. Análise realizada por meio da estatística descritiva e do software Microsoft Office Excel 2007. A pesquisa foi aprovada pelo CEP do HUAP/UFF, protocolo 274/11. Resultados: Predomínio do G1 nos itens relacionados ao conhecimento sobre Diabetes (100%), uso de insulina (96%), administração do hormônio (80%), realizar o rodízio (88%). A prática de exercício físico é maior no G1 (32%) e as complicações estão mais presentes no G2 (44%). O maior escore do G1 foi ao Domínio Relações Sociais (média= 66,28), enquanto no G2 a maior pontuação foi no Domínio Psicológico (média= 65,56). O Grupo G1 obteve maiores escores na maioria dos domínios. Conclusão: Os resultados encontrados demonstram que os participantes do grupo G1 tiveram maior escore médio na maioria dos domínios. Embora indivíduos com DM possam ter um prejuízo quanto a sua QV, notamos que a educação em saúde entra nesta perspectiva como uma das tecnologias assistenciais que possibilitam a melhora da qualidade de vida. A pesquisa foi válida, possibilitando desenvolvimento técnico científico.
metadata.dc.description.abstractother: It´s about a study about the quality of life of people living with diabetes mellitus type 2, participants and non-participants of the health educational program. The analysis of the QV of this group that grows up daily, it will favors the creation of technologies to improve nursing care, emphasizing the nurse job importance of the educational of complications and operationalization of the nurse work process. Diabetes Mellitus (DM) impacts the quality of life, that level is decreased because of the variables related to the disease. The participation in educational works favors the accession of the people and more responsibility with the health, as result is hoped a improve on the QV of those individuals. Objectives: Describe the quality of life the population affected by Diabetes Mellitus type 2, participants and non-participants of the health educational groups; Analyze the contribution of health education on quality of life on the diabetic population on the studied groups; and to compare the impact of the participation on educational programs on the quality of life of the studied group. Methodology: Quantitative approach. Population adults and elderly, diabetics, divided between G1, attending nursing consultations, and G2, attending consultation of endocrinology and who never participated of the educational program. For collect of data was used the instrument of characterization of data, and the WHOQOL – Bref. Analysis realized by descriptive statistics and by the Software Microsoft Office Excel 2007. The search was approved by CEP of the HUAP/UFF, protocol 274/11. Results: Predominance of the G1 on the items related to the knowledge about Diabetes (100%), use of insulin (96%), administration of hormones (80%), perform the caster (88%). The practice of physical exercises is greater on G1 (32%) and the complications are greater on G2 (44%). The highest score of G1 was to the Social Relationships Domain (average: 66,28), while on G2 the highest score was on Psychological Domain (average: 65,56). The G1 group had highest scores in most domains. Conclusion: The found results demonstrate that the participants of the G1 group had highest average score in most domains. Although diabetics can have a prejudice about them QV, we can note that the health education is this perspective like a assistive technologies that allow the improvement of the QV. The search was valid, enabling scientific technical development.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/8293
Appears in Collections:EEAAC - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Beatriz Carvalho Espíndola.pdf782.66 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.