Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/8359
Title: Famílias nas "Terras De Custódio" itinerários de proteção social
Authors: Azeredo, Verônica Gonçalves
metadata.dc.contributor.advisor: Freitas, Rita de Cássia Santos
metadata.dc.contributor.members: Almeida, Carla Cristina Lima de
Lemos, Carlos Eugênio Soares de
Juncá, Denise C. de Moura
Barros, Myriam Moraes Lins de
Issue Date: 2012
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Abstract: Como se configuram os itinerários de proteção social das famílias no território de Custodópolis? Trata-se de um bairro localizado na cidade de Campos dos Goytacazes, ao norte do Rio de Janeiro, e esta é a pergunta central a ser respondida nesta tese, sendo problematizadas questões sobre o perfil das famílias e do bairro e os elementos que caracterizam a constituição das territorialidades familiares e os itinerários em busca de proteção. O pressuposto que orienta a investigação aponta para estruturas de oportunidades limitadas na perspectiva sócio-espacial que incidem sobre as condições de reprodução da pobreza e vulnerabilidades das famílias, cujos perfis investigados de composição familiar (nuclear, monoparental e extensa) revelam-se a partir de variáveis objetivas e subjetivas agenciadas no espaço-tempo das relações constituídas. Território é o espaço de referência da investigação e a opção foi relacioná-lo aos usos e práticas de proteção através dos itinerários ligados ao bairro, à casa, às famílias, ao trabalho e aos mecanismos de proteção formais e informais. A pesquisa é realizada a partir de entrevistas de História Oral e a opção foi combiná-la a outra pesquisa (Inquérito Populacional) recentemente realizada no referido bairro, de modo a possibilitar o diálogo quanti-qualitativo. Através desse percurso identifica-se que as redes de sociabilidade e solidariedades estabelecidas em ―territórios vividos‖ e marcados por pobreza e vulnerabilidades são um dos principais recursos utilizados pelas famílias para lidar com as inseguranças e com a desproteção social.
metadata.dc.description.abstractother: How are routes configured for social protection of families in the territory of Custodópolis? This is a neighborhood located in the city of Campos dos Goytacazes, north of Rio de Janeiro State. This is the central question to be answered in this thesis. Questions about the profile of families and the neighborhood and the elements that characterize the constitution territoriality of family and itineraries for protection. The assumption that guides the research points to limited opportunity structures in socio-spatial conditions which affect the poverty reproduction and families vulnerability. These investigated profiles of household composition (nuclear, single-parent and large) reveal themselves from of objective and subjective variables dealt with in the space-time of the constituted relations. Territory is the reference area of research and the option was to relate it to the uses and protection practices through routes connected to the neighborhood,homes, families, work and protection mechanisms both formal and informal. The survey is based on interviews of Oral History and the choice was to combine it with another research (Population Survey) recently held in that neighborhood, to enable quantitative and qualitative dialogue. Through this path the networks of established sociability and solidarity are identified in "experienced territories" and marked by poverty and vulnerabilities. The are one of the main resource used by the households to cope with the insecurities and lack of social protection.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/8359
Appears in Collections:PPGESS - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
VeronicaGoncalvesAzeredo.pdf3.81 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons