Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/8360
Title: A gestão dos Centros de Referência da Assistência Social - CRAS em foco: um estudo do município do Rio de Janeiro
Authors: Silva, Viviane Pereira da
metadata.dc.contributor.advisor: Brandão, André
metadata.dc.contributor.members: Senna, Mônica de Castro Maia
Alencar, Mônica Maria Torres de
Issue Date: 2012
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Abstract: O trabalho, ora apresentado, busca oferecer indicações para o debate acerca da Gestão da Política Pública de Assistência Social na contemporaneidade. É fruto de reflexões produzidas durante o processo de implementação do Sistema Único de Assistência Social – SUAS no município do Rio de Janeiro. Circunscrita ao universo da gestão territorial da Proteção Social Básica, a discussão proposta gravita em torno do seguinte objetivo: analisar a gestão dos Centros de Referência da Assistência Social – CRAS no referido município no período de 2005/2011, averiguando a contribuição destes para a operacionalização do SUAS. Considerando a natureza do objeto de estudo, a proposta metodológica direcionou-se pela utilização da abordagem quanti-qualitativa. Nesse sentido, a pesquisa foi desenvolvida em duas etapas: a) aplicação de questionário estruturado, constituído de perguntas fechadas junto aos coordenadores dos 47 CRAS; b) realização de entrevista em profundidade com 10 coordenadores. Com efeito, o estudo aponta para a necessidade premente de repensar a dinâmica institucional, de acordo com os novos patamares de reordenamento dos órgãos gestores estabelecidos pela Norma Operacional Básica da Assistência Social – NOB SUAS/2005. Do mesmo modo, percebeu-se que sendo o cotidiano da gestão dos CRAS atravessado por múltiplos desafios que interferem na dinâmica do processo de trabalho, são requisitadas novas competências/habilidades profissionais aos coordenadores que devem aliar domínio técnico, operacional e político, aspectos fundamentais para a melhoria do desempenho das variadas equipes, assim como para qualidade dos serviços prestados à população.
metadata.dc.description.abstractother: The work presented here, is proposed to provide information to the debate about the Management of Public Policy for Social Assistance in the contemporary world. It is the result of reflections produced during the implementation process of the Unified Social Assistance – SUAS in the city of Rio de Janeiro. Limited to the realm of territorial management of Basic Social Protection, the proposed discussion revolves around the following objective: to analyze the management of the Reference Centers of Social Welfare – CRAS in the mentioned city for the period 2005/2011, ascertaining their contribution to the operationalization of the SUAS. Considering the nature of the object of study, the proposed methodology directed by the use of quantitative and qualitative approach. In this sense, the research was conducted in two :phases: a) the application of a structured questionnaire comprised of closed questions with the coordinators of the 47 CRAS, b) conducting in-depth interviews with 10 coordinators. Indeed, the study points to the urgent need to rethink the institutional dynamics, according to new levels of reordering of the manager organs established by the Basic Operational Norm of Social Welfare – NOB SUAS/2005. Similarly, it is clear that the daily management of CRAS has being transverse by multiple challenges that interfere with the dynamics of work, are required new competencies/professional skills for coordinators who must unite the technical, operational and political domains, fundamental aspects for improving the performance of the various teams, as well as quality of services rendered to the population.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/8360
Appears in Collections:PPGESS - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
VivianePereiraSilva.pdf1.24 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons