Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/8362
Title: Masculinidades, gênero e pobreza : o lugar dos homens na proteção social básica de Niterói - RJ
Authors: Barbosa, Daguimar de Oliveira
metadata.dc.contributor.advisor: Freitas, Rita de Cássia Santos
metadata.dc.contributor.members: Senna, Mônica de Castro Maia
Almeida, Carla Cristina Lima de
Almeida, Guilherme de
Issue Date: 2013
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Abstract: Este trabalho é de caráter qualitativo e desenvolve-se sob a perspectiva dos estudos de gênero e das contribuições da História Oral, tendo como escopo responder a seguinte questão: qual o lugar dos homens (pobres e urbanos) e do masculino na Política de Assistência Social? Esta investigação moveu-se pelo interesse em identificar em que redes sociais (primárias e/ou secundárias) estariam os homens pobres residentes à região metropolitana fluminense. Assim, este estudo apresenta as percepções de homens, titulares e beneficiários do Programa Bolsa Família sobre suas experiências e trajetórias percorridas em busca dos direitos sociais. Por outro lado, apresenta também o registro das percepções profissionais dos assistentes sociais, responsáveis pela implementação da política social no município de Niterói/RJ. Esta dissertação surgiu de problematizações acerca da expansão quantitativa dos arranjos familiares monoparentais e unipessoais femininos, enquanto explicação irrefutável sobre a ausência dos homens no âmbito da Assistência Social Pública. Entende-se que essa explicação favoreceu a visibilidade de certas tendências, tanto como a conformação de uma invisibilidade masculina presente no espaço da Política Social e no interior da profissão de Serviço Social. Dentre essas tendências ficou evidente um processo de homogeneização das famílias pobres, que acessam e usam os serviços socioassistenciais ofertados na proteção social básica, ora representadas sob o modelo monoparental, ora sob o grupo familiar denominado como unipessoal feminino. Homogeneização, que se dá por meio de vários condicionantes, que envolvem desde a discussão acerca da existência de critérios oficiais e “oficiosos”, que orientam e influenciam o desenho e a execução de programas, projetos e políticas sociais, até a utilização de um discurso baseado no abandono, em particular no abandono masculino (em alguns casos, referindo-se a um abandono masculino inventado).
metadata.dc.description.abstractother: This research has a qualitative character and is developed under genre studies perspective and the contributions made by Oral History, having the aim of answering the following question: what is the place of (poor and urban) men and of male in Social Assistance Policies? This investigation was developed because of the interest in identifying in which social nets (if primary and/or secondary) poor men living in metropolitan area in Rio de Janeiro are. So, this study presents the perceptions had by men who are entitled and benefited in Family Benefit Program (Programa Bolsa Família), about their experiences and trajectories searching for social rights. On the other hand, it also presents the register of professional perceptions by social assistants who are responsible for the social policy implementation in the city of Niterói/RJ. This dissertation emerged from questions about the quantity expansion of oneparent and female one-person family arrangements, as an irrefutable explanation about the absence of men in the range of Public Social Assistance. It is understood that the explanation mentioned favored the visibility of certain tendencies, as a conforming of a male invisibility that is present in the space of Social Policy and inside the Social Service professional environment. Among those tendencies it was evident that there is a process of homogenization of poor families, which access and use the social assistance services offered in basic social protection, either represented under a one-parent model or under a family group named as female one-person group. Homogenization which happens in various conditions, what involves as discussion about the existence of official and non-official criteria, which guide and influence the design and the execution of programs, projects and social policies, as the using of a speech based on abandoning, especially male abandoning (in some cases, referring to an imagined male abandoning).
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/8362
Appears in Collections:PPGESS - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DaguimarDeOliveiraBarbosa.pdf846.52 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons