Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/837
Title: A produção dos sentidos de saúde construídos por pessoas com HIV/AIDS: Grupo Sol, uma tecnologia de intervenção
Authors: Barros, Ana Maria Ferraz
metadata.dc.contributor.advisor: Santos, Mauro Leonardo Salvador Caldeira dos
metadata.dc.contributor.members: Silva, Alacir Ramos
Ramos, Valeria do Carmo
Issue Date: 2014
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Barros, Ana Maria Ferraz. A produção dos sentidos de saúde construídos por pessoas com HIV/AIDS: Grupo Sol, uma tecnologia de intervenção. 2014. 127 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Enfermagem Assistencial)-Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2014
Abstract: Esse estudo se propõe a demonstrar, no universo de participantes do Grupo SOL, certo modo de operar o acolhimento grupal, como uma tecnologia, que agregada ao tratamento da PVHA, influencia na construção da adesão ao tratamento. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, de natureza híbrida, exploratória e descritiva, que utilizará como técnica a análise documental e a entrevista semiestruturada dos participantes do grupo em questão, para a produção dos dados. Num primeiro momento, a intenção é dar visibilidade à história do grupo e caracterizar a sua composição e suas dinâmicas, para, a partir daí, buscar-se apreender os seus possíveis efeitos junto aos participantes e analisar se, e em que sentido, tais dinâmicas puderam contribuir para a adesão ao tratamento proposto pela equipe de saúde e para a integração social, diante da necessidade de construir outra e nova forma de ver e viver a vida, uma vez se sabendo pessoa vivendo com HIV/AIDS (PVHA). Como resultado, espera-se dar expressão à produção dos sentidos de saúde, construídos no Grupo SOL, e avaliar se essa modalidade de operar um grupo pode ser considerada como uma tecnologia facilitadora do acolhimento para esses tipos de usuários, em sua “nova perspectiva de vida”, e efetivamente contribuir com a produção do cuidado para indivíduos em tratamento de HIV/AIDS. Além disso, também se espera colaborar no sentido de demonstrar aqueles que se propõem a cuidar de PVHA, como pode ser adequado para a reterritorialização existencial desses indivíduos, por um lado, o compartilhar horizontalizado das angústias que advém dessa condição e, por outro, a socialização democrática das questões que se inscrevem e interferem nos modos de ser e de viver desses indivíduos que vivem com HIV/AIDS.
metadata.dc.description.abstractother: This study aims to demonstrate, in the universe of SOL Group participants, a way to operate the group hosting, as a technology, which, aggregated with the PLHA treatment, influences the construction of treatment adherence. It is a qualitative research with hybrid, exploratory and descriptive nature, that will use as technique the documentary analysis and semi-structured interviews with this referred group participants, in order to produce all data. In a first moment, the intention is to give visibility to the group history characterizing its composition and dynamics, and then seek to apprehend their possible effects among the participants and examine whether, and in what sense, these dynamics could contribute with the treatment adherence proposed by the professional health team and to social integration, faced with the necessity to build another new way of seeing and living life, considering the fact that they are individuals who are living with HIV/AIDS (PLHA). As a result, it is expected to give expression to the health production meanings, constructed within the SOL Group, and assess whether this form to operate a group can be considered as an enabling hosting technology for these kinds of users, in their "new perspective of life", and effectively contribute to the production of care for individuals in treatment of HIV/AIDS. In addition, it also hopes to collaborate in order to clarify those who propose to take care of PLHA, as it may be appropriate for the existential reterritorialization of these individuals, on the one hand, the share of horizontal anguish that comes from that condition and, on the other hand, the democratic socialization of issues that appear and interfere with the ways of being and living of those individuals with HIV/AIDS.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/837
Appears in Collections:MPEA - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ana Maria Ferraz Barros.pdf1.56 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.