Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/840
Title: Efeitos das intervenções psicomotoras no equilíbrio do idoso com déficit cognitivo leve: quase experimento
Authors: Ferreira, Josélia Braz dos Santos
metadata.dc.contributor.advisor: Sá, Selma Petra Chaves
metadata.dc.contributor.members: Domingos, Ana Maria
Santana, Rosimere Ferreira
Issue Date: 2014
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Ferreira, Josélia Braz dos Santos. Efeitos das intervenções psicomotoras no equilíbrio do idoso com déficit cognitivo leve: quase experimento. 2014. 168 f. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Ciências do Cuidado em Saúde)-Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2014
Abstract: Trata-se de um estudo quantitativo com uma abordagem quase experimental, cujo objetivo geral foi analisar os efeitos das atividades psicomotoras para o equilíbrio em idosos com distúrbio cognitivo leve e os objetivos específicos foram identificar o déficit psicomotor nos idosos com Déficit Cognitivo Leve utilizando a Escala Motora para a Terceira Idade (EMTI) e a Escala de Tinetti; implementar atividades e exercícios psicomotores para o idoso com Déficit Cognitivo Leve visando a melhora dos fatores psicomotores com ênfase ao equilíbrio e marcha; comparar as condições psicomotoras dos idosos com Déficit Cognitivo Leve antes e após a implementação de atividades e exercícios psicomotores. A pesquisa foi realizada em um período de 4 (quatro) meses, com início em abril de 2014 e término em julho de 2014. Os sujeitos do estudo foram 43 idosos de duas instituições públicas, na faixa etária entre 64 a 88 anos, 86,04% do sexo feminino. O estudo desenvolveu metas que foram cumpridas de acordo com a Teoria do Alcance de Metas de Imogene King. Foi aplicado o MEEM (Mini Exame do Estado Mental) em todos os idosos para avaliação da memória. Para avaliar os parâmetros motores foi utilizada a Escala Motora para Terceira Idade (EMTI) e para avaliar o Equilíbrio e a Marcha, a Escala de Tinetti; foi utilizado também o Diário de Quedas do Idoso. As escalas foram aplicadas antes e após a implementação das atividades psicomotoras, que foram realizadas durante 10 (dez) sessões. Nos resultados, utilizou-se do software estatístico SAS versão 9.3.1, tal que primeiramente realizou-se uma análise descritiva dos dados, dividindo em primeira medida (primeira avaliação) e segunda medida (segunda avaliação). A avaliação do MEEM mostrou 15 (quinze), 34,88%, dos idosos avaliados apresentaram sinais sugestivos de déficit cognitivo. Resultados relacionados ao desempenho dos idosos nos parâmetros motores Motricidade Fina, Organização Espacial e Organização temporal, tanto na primeira como na segunda medidas apresentaram bons resultados e ficaram na classificação normal médio da EMTI. No entanto, na primeira avaliação, os parâmetros Motricidade Global, obteve média de 34,88 pontos, equivalente a classificação muito inferior; o Esquema Corporal com média de 76,46 pontos correspondeu a classificação inferior; e também o Equilíbrio com média de 79,81 pontos ficou na classificação inferior. Estes resultados corresponderam aos resultados do Equilíbrio e Marcha da Escala de Tinetti, que apresentou 22 (51,16%) idosos com média de 17,22 pontos e ficaram, segundo a escala, com alto risco para quedas. Os resultados destas escalas foram corroborados com os resultados do Diário de Quedas dos Idosos, onde 26 (60,47%) idosos sofreram 52 quedas, sendo que 33 (63,46%) quedas ocorreram por desequilíbrios e 31 (59,62%) quedas foram na rua. Na segunda avaliação após as atividades implementadas, os idosos apresentaram melhores resultados com mudança da classificação de acordo com os escores, exceto a Motricidade Global, que permaneceu na classificação muito inferior. No entanto, o Esquema Corporal mudou para a classificação normal baixo com média de 86,93 pontos, o Equilíbrio mudou da classificação inferior para normal médio com média de 92,37 pontos. O Equilíbrio e marcha da Escala de Tinetti apresentou aumento em seus escores e a maioria dos idosos, 28 (65,11%), ficaram com risco moderado para quedas segundo a escala. Concluiu-se com os resultados na segunda medida, que as metas foram alcançadas e a hipótese de que o exercício de estimulação psicomotora favorece o equilíbrio de idosos com distúrbio cognitivo leve foi confirmada
metadata.dc.description.abstractother: This is a quantitative study with a quasi-experimental approach, whose general objective was to analyze the effects of psychomotor activities for balance in elderly people with mild cognitive impairment and specific objectives were to identify the psychomotor deficit in the elderly with mild cognitive deficit using the Scale motor for the Elderly (EMTI) and the Tinetti scale; implement activities and psychomotor exercises for the elderly with Mild Cognitive Deficit aimed at improving the psychomotor factors with emphasis on balance and gait; compare psychomotor conditions of elderly people with Mild Cognitive Deficit before and after the implementation of activities and psychomotor exercises. The survey was conducted over a period of four (4) months, starting in April 2014 and ending in July 2014. The study subjects were 43 elderly two public institutions, aged between 64 and 88 years, 86, 04% female. The study developed goals that were performed in accordance with the Scope of the Theory of Imogene King Goals. The MMSE (Mini Mental State Examination) in all the elderly to assess memory was applied. To evaluate the motor parameters we used the Motor Scale for the Elderly (EMTI) and to assess the balance and the March, the Tinetti Scale; we used the Elderly Falls Journal. The scales were applied before and after the implementation of psychomotor activities, which were performed for 10 (ten) sessions. In the results, we used the SAS statistical software version 9.3.1, such that first carried out a descriptive analysis of data, sharing in a first step (first evaluation) and second measurement (second evaluation). The assessment of the MMSE was 15 (fifteen), 34.88% of the sample respectively showed signs suggestive of cognitive impairment. Results related to the performance of the elderly in the parameters Motricity Thin engines, Space Organization and temporal organization, both in the first and second measurements showed good results and were in the normal average rating of EMTI. However, the first evaluation, the Global Kinetics parameters obtained an average of 34.88 points, equivalent to much lower rating; the Body Scheme averaging 76.46 points corresponded to a lower classification; and also the balance with an average of 79.81 points was in a lower classification. These results corresponded to the results of Balance and Gait Tinetti Scale, which showed 22 (51.16%) elderly with an average of 17.22 points and were, according to the scale at high risk for falls. The results of these scales were corroborated by the results of the Seniors' Falls Gazette, where 26 (60.47%) elderly suffered 52 falls, of which 33 (63.46%) decreases occurred by imbalances and 31 (59.62%) falls were in the street. In the second evaluation after the implemented activities, the elderly showed better results with rating change according to the scores, except the Global Mobility, which remained much lower rating. However, the Body Scheme moved to low normal rating with an average of 86.93 points, the balance changed the lower rating for average normal with an average of 92.37 points. The Balance and Gait Tinetti Scale showed an increase in their scores and most elderly, 28 (65.11%) were at moderate risk for falls under the scale. Concluded with the results in the second measure, which targets have been achieved and the hypothesis that the psychomotor stimulation exercise favors the balance of elderly patients with mild cognitive impairment was confirmed
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/840
Appears in Collections:PACCS - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Josélia Braz dos Santos Ferreira.pdf3.43 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.