Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/8406
Title: Ensaio clínico randomizado para avaliação da eficácia da adição de furoato de mometasona tópico nasal ao spray nasal de salina isotônica no tratamento de rinite em idosos
Authors: Carvalho, Victor Cortes Pourchot de
metadata.dc.contributor.advisor: Olej, Beni
metadata.dc.contributor.advisorco: Morandi, José Laerte Junior Boechat
metadata.dc.contributor.members: Lima, Giovanna Aparecida Balarini
Rios, José Luiz de Magalhães
Cavalcanti, Ismar Lima
Issue Date: 2018
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: CARVALHO, Victor Côrtes Pourchet de. Ensaio clínico randomizado para avaliação da eficácia da adição de furoato de mometasona tópico nasal ao spray nasal de salina isotônica no tratamento de rinite em idosos. 2018. 65 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2018.
Abstract: Introdução: Estimativa recente identificou mais de 30% de adultos entre 54 e 89 anos com queixas de rinite. Destes, 60% não apresentam sensibilização alérgica. Como parte do envelhecimento, os mecanismos imunes tendem a se alterar ao longo dos anos de vida ao mesmo tempo em que as queixas nasais podem sofrer influência das alterações na estrutura nasal pela idade. Apesar disso, o uso dos corticoides nasais em idosos com sintomas de rinite segue a mesma recomendação da literatura na população não idosa. Objetivo: Avaliar a eficácia do uso combinado de furoato de mometasona (tópico nasal) e salina tópica nasal em comparação ao uso isolado de salina nasal no aumento do fluxo aéreo nasal, redução da gravidade dos sintomas e melhora da qualidade de vida de idosos com rinite. Métodos: Pacientes com idade igual ou superior a 60 anos com diagnóstico de rinite crônica foram alocados de forma aleatória em dois grupos: um para uso de corticoide tópico nasal (furoato de mometasona 100mcg/dia) e soro fisiológico de aplicação nasal durante duas semanas e outro, somente soro fisiológico de aplicação nasal por igual período. Antes e após cada intervenção, foram aplicados o questionário SNOT-22 de qualidade de vida e sintomas de rinite e a escala visual analógica (EVA) dos sintomas de rinite e realizada a medição de pico de fluxo inspiratório nasal (PFIN). Resultados: Quarenta pacientes foram submetidos à randomização, em igual número para cada grupo de tratamento, tanto alérgicos quanto não-alérgicos. Após duas semanas, o valor médio de PFIN foi de 79,5 no grupo corticoide mais salina e 82,0 no grupo salina (p=0,37). Uma pequena redução no escore EVA de sintomas com uso de corticoide mais salina foi observada nos subgrupos com rinite não-alérgica (p=0,05), IgE total elevada (p=0,07) e naqueles com asma concomitante (p=0,10). Nos pacientes com rinite não-alérgica, foi observada também uma melhora na escala SNOT-22 de qualidade de vida (p=0,09) com uso de corticoide mais salina. Conclusão: O tratamento com furoato de mometasona tópico nasal em combinação com salina de uso nasal é efetivo em idosos portadores de rinite crônica não-alérgica e naqueles com coexistência de asma ou IgE total elevada. Não se observou diferenças significativas no que diz respeito à melhora do fluxo aéreo nasal
metadata.dc.description.abstractother: Introduction: Research identified more than 30% of adults between 54 and 89 years with complaints of rhinitis and at least 60% of those do not present allergic sensitization. As part of the aging process, the immune mechanisms tend to modify along the years of life at the same time that the nasal complaints can suffer influence of the alterations in the nasal structure. In spite of that, the use of nasal corticosteroids in elderly with rhinitis follows the same recommendation of the literature for the general population. Objective: This study aimed to evaluate the effectiveness of the combined use of corticosteroid nasal spray (mometasone furoate) plus isotonic saline in comparison with nasal saline alone over nasal patency, the severity of rhinitis and its impacts on quality of life. Methods: This open label-trial randomized subjects ≥ 60y with chronic rhinitis (allergic and nonallergic rhinitis) with mometasone spray 100mcg/d and isotonic saline nasal spray or saline alone for 2 weeks. The primary endpoint was the improvement in nasal patency evaluated by the peak nasal inspiratory flow (PNIF). Secondary outcomes included the severity of symptoms and the quality of life assessed by a visual analogic scale (VAS) and the sinonasal outcome test (SNOT-22), respectively. Results: Forty patients underwent randomization, in equal number in each group of treatment, either with allergic (AR) and nonallergic rhinitis (NAR). At week 2, the mean PNIF score was 79.5 in the corticosteroid (CE) plus saline group and 82.0 in the saline group (p=0.37). An improving in the VAS score with the use of CE plus saline was observed in a subset of patients with elevated total IgE (p=0.07). A slight difference in EVA was noted in the CE group in those with asthma (p=0.10) and those with NAR (p=0.056). Also, SNOT-22 was improved (p=0.09) with the addition of mometasone furoate in NAR. Conclusion: Treatment with CE plus isotonic saline is effective in the elderly with non-allergic rhinitis and those with asthma coexistence or total IgE elevated. It was not observed significant differences in respect with the improvement of the nasal peak flow
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/8406
Appears in Collections:PPGCM - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_mestrado_Victor.pdf790.62 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons