Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/8662
Title: A descolonização epistemológica pela morte aos olhos da infância : análises da literatura de Bartolomeu Campos de Queirós e de Mia Couto: análises da literatura de Bartolomeu Campos de Queirós e de Mia Couto
Authors: Sabino, Camila Lima
metadata.dc.contributor.advisor: Silva, Renata Flavia da
metadata.dc.contributor.members: Ruas, Luci
Jorge, Silvio Renato
Issue Date: 2015
Abstract: Este trabalho consiste em uma análise comparativa das obras Até passarinho passa e Por parte de pai do escritor brasileiro Bartolomeu Campos de Queirós e O beijo da palavrinha e A chuva pasmada do escritor moçambicano Mia Couto, obras endereçadas ao público infantil e juvenil. O objetivo é investigar consonâncias e divergências dos tratamentos literários dados às temáticas da morte e da infância, e analisar, a partir desses tratamentos, processos histórico-culturais que permitem equacionar as heranças coloniais nos contextos sociais e políticos do Brasil e de Moçambique. O protagonismo infantil e as representações literárias das famílias frente à morte permitem refletir sobre o lugar da infância como lugar de trânsito e de produção de cultura o que, em consequência, desloca o papel do adulto e das instituições sociais e permite pensar na multiplicidade sócio-cultural constitutiva das identidades individuais e sociais. Buscamos, com tais deslocamentos observados nas propostas literárias concernentes ao corpus deste trabalho, defender a necessidade de aprimorar o processo de descolonização política e epistemológica dos espaços sociais marginalizados, compreendendo a modernidade e o sistema-mundo capitalista como a dupla face da colonialidade.
metadata.dc.description.abstractother: This work consists of a comparative analysis of the works Até passarinho passa and Por parte de pai of the Brazilian writer Bartolomeu Campos de Queirós and O beijo da palavrinha and A chuva pasmada of the Mozambican writer Mia Couto, works addressed to the young people and children . The objective is to investigate consonance and differences of literary treatments given to the themes of death and childhood, and analyze , from these treatments , historical and cultural processes that allow equate the colonial heritage in the social and political contexts in Brasil and Moçambique . The children's role and literary representations of families facing death allow reflect on childhood place as a place of transit and cultural production which consequently shifts the adult role and social institutions and to suggest the socio multiplicity constitutive of individual cultural and social identities. We seek, with such displacements, observed in the literary proposals concerning the corpus of this work, defending the need to improve the process of political and epistemological decolonization of marginalized social spaces, including the modernity and the capitalist world-system as the double face of colonialism.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/8662
Appears in Collections:POSLIT - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
camila versão final 1.pdf581.14 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons