Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/8713
Title: A rede de cuidado e o itinerário terapêutico de gestantes de alto risco no município de Niterói
Other Titles: The network of care and the therapeutic itinerary of pregnant women of high risk in the city of Niterói
Authors: Cabrita, Bruno Augusto Corrêa
metadata.dc.contributor.advisor: Abrahão, Ana Lúcia
metadata.dc.contributor.advisorco: Alves, Valdecyr Herdy
metadata.dc.contributor.members: Andrade, Marilda
Santos, Nereida Lucia Palko dos
Issue Date: 2013
Citation: Cabrita, Bruno Augusto Corrêa. A rede de cuidado e o itinerário terapêutico de gestantes de alto risco no município de Niterói. 2013. 78 f. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Ciências do Cuidado em Saúde) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2013
Abstract: Este trabalho tem por objetivos descrever os serviços de saúde oferecidos pela rede de atenção à gestante que desenvolve a gravidez de alto risco no município de Niterói; Conhecer o itinerário terapêutico à gestante que desenvolve a gravidez de alto risco nas Unidades de saúde do município de Niterói. Metodologia: pesquisa do tipo exploratória, abordagem qualitativa. utilizado como campo de pesquisa a Policlínica de Especialidades da Mulher Malu Sampaio, no município de Niterói, Rio de Janeiro, por ser unidade de referência para o tratamento das complicações oriundas da gestação. Os sujeitos deste estudo constituíram-se de um grupo de 6 gestantes, número que se definiu pela saturação da narrativa dos dados recolhidos. Como critérios de inclusão: gestantes maior de 18 anos classificada pela equipe de saúde em situação de risco. O estudo teve como embasamento teórico os territórios existenciais. Como técnica de coleta de dados, utilizou-se as fontes de levantamentos bibliográficos, a entrevista semiestruturada. A análise dos dados teve como referencial teórico a análise de conteúdo na perspectiva de Bardin. Esta pesquisa tem aprovação do Comitê de Ética e Pesquisa do Hospital Universitário Antônio Pedro, através do protocolo número: CAAE 11707413.0.0000.5243. Resultados: Após a transcrição das entrevistas e análise do conteúdo, construímos as seguintes categorias temáticas: 1) O acesso à saúde diante do primeiro sinal ou sintoma; 2) Universalidade e equidade no caminho percorrido. Discussão: O acompanhamento pré-natal de alto risco não se configura apenas como um controle dependente da gestante, e sim, um controle totalmente dependente do saber médico e da equipe de saúde cuidadora e dos recursos materiais e terapêuticos envolvidos. Iniciar ou continuar o pré-natal sem a devida confiança na equipe de saúde apresenta-se como um fator relevante na experiência das mulheres. O encaminhamento para um serviço especializado, em outro espaço de saúde, longe da sua moradia e as idas e vindas das mulheres representam o grau de preocupação e atenção à própria saúde e/ou do bebê. Nas falas, se observa que as unidades correspondem à disposição das vagas para atendimento, mas não destaca o trabalho de uma equipe no cuidado da gestante. as gestantes, em muitos casos, frequentam a unidade de origem apenas para o registro da pressão arterial, e que não realizam a consulta do pré-natal propriamente dita, considerada como fundamental na criação de vínculo e otimização da qualidade da assistência que corresponda à expectativa. Conclusão: podemos considerar que a qualidade e rapidez da assistência prestada expressam, efetivamente, a disposição da mulher em buscar outras formas de cuidar fora das instituições públicas de saúde. Por outro lado, observa-se o anonimato de alguns profissionais da equipe em integrar o cuidado à essa mulher. Assim, o itinerário terapêutico das mulheres estudadas, durante o tratamento das complicações da gravidez, é atravessado por tensões, ansiedades, adequações para novos hábitos, mudança nos papéis sociais e saberes que não estão descritos em algum nível de complexidade da assistência, incluindo grandes aparatos tecnológicos que vá proporcionar e satisfazer o seu cuidado
metadata.dc.description.abstractother: This study aims to describe the health services offered by the network of care for pregnant women who develop pregnancy between low and high risk in Niterói; Meet the therapeutic itinerary the pregnant woman develops pregnancy between low and high risk Units health of Niterói. Methodology: An exploratory study, qualitative approach. used as a research field the Polyclinic specialties Woman Malu Sampaio, in Niterói, Rio de Janeiro, being unit for the treatment of complications arising from pregnancy. The subjects of this study consisted of a group of six pregnant women, that number is set by the saturation of the narrative data collected. Inclusion criteria: pregnant women over 18 classified by the health staff at risk. The theoretical study was the existential territories. As a technique for data collection, we used the bibliographical sources, semi-structured interview. Data analysis was as theoretical content analysis from the perspective of Bardin. This research has been approved by the Ethics and Research of the University Hospital Antonio Pedro, through the protocol number: CAAE 11707413.0.0000.5243. Results: After transcribing the interviews and content analysis, we construct the following thematic categories: 1) Access to health care at the first sign or symptom; 2) Universality and equity in the path traveled. Discussion : The prenatal high risk not only sets as a control -dependent pregnant women , and yes, totally dependent control of medical knowledge and health staff caring and therapeutic materials and resources involved . Start or continue the prenatal without proper confidence in the health team presents itself as a relevant factor in the experience of women . The referral to a specialist service in other health space , away from your house and the comings and goings of women represent the degree of concern and attention to their health and / or baby . In the speech , noted that the units correspond to the arrangement of vacancies for service , but it highlights the work of a team in the care of pregnant women . pregnant women , in many cases , attending the source drive just for recording blood pressure , and does not perform the query prenatal itself , considered fundamental in creating links and optimizing the quality of care that meets the expectations . Conclusion: we can consider that the quality and speed of care express effectively the willingness of women to seek other forms of care outside the public health institutions. On the other hand, there is the anonymity of some professional team to integrate care for this woman. Thus, the therapeutic women studied for the treatment of complications of pregnancy, is traversed by tensions, anxieties, adaptations to new habits, change in social roles and knowledge that are not described in any level of complexity of care, including large apparatus technologies that provide go and meet your care
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/8713
Appears in Collections:PACCS - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Bruno Augusto Corrêa Cabrita.pdf853.23 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons