Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/8795
Title: Efetividade oxi-hemodinâmica e satisfação percebida por cardiopatas graves durante três tipos de banho no leito: crossover
Other Titles: Oxyhemodynamic efficacy and satisfaction perceived by severe cardiopathy during three types of bath in the bed: crossover
Authors: Lôbo, Anna Beatriz Alves Pereira
metadata.dc.contributor.advisor: Lima, Dalmo Valério Machado de
metadata.dc.contributor.members: Pereira, Carolina
Moreira, Ana Paula Amorim
Issue Date: 2018
Citation: Lôbo, Anna Beatriz Alves Pereira. Efetividade oxi-hemodinâmica e satisfação percebida por cardiopatas graves durante três tipos de banho no leito: crossover. 2018. 106 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Enfermagem Assistencial) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2018
Abstract: Introdução: A equipe de enfermagem é responsável pelo banho no leito, técnica que repercute no estado clínico, sobremaneira num quadro de pacientes cardiopatas graves o que acaba tornando um procedimento complexo. Pelo desconhecimento dos reais efeitos oxi-hemodinâmicos e satisfatórios podendo onerar o aumento dos custos relacionados à prática. O banho completo no leito é uma técnica destinada a indivíduos inteiramente dependentes que precisam de cuidados higiênicos totais. É uma atividade que pode ser exaustiva para o doente, mesmo que o enfermeiro realize a totalidade dos cuidados. Neste contexto, é necessário que o enfermeiro se reaproxime do procedimento para melhorar a qualidade do banho oferecido aos doentes. Objetivos: Investigar as repercussões hemodinâmicas e satisfatória, durante a realização dos três tipos de banho no leito: banho no leito tradicional a 42,5ºC, banho no leito com frasco-ampola de água destilada aquecida e banho no leito com lenços umedecidos aquecidos. Comparar as repercussões hemodinâmicas e satisfatória, sob controle de temperatura da água, análise dos dados hemodinâmicos, aplicabilidade de um questionário destinado a avaliação da satisfação, em pacientes internados com Cardiopatia grave. Propor um vídeo educativo para os pacientes, para escolha do tipo de banho no leito no paciente pós cirurgia cardíaca internado em unidade cardiointensiva, com base nas repercussões hemodinâmicas e satisfação do paciente. Método: Foi um Ensaio Clínico tipo Crossover 3 X 3. Trata-se de um ensaio clínico, que possui três etapas do tipo crossover 3 X 3, com análise das sequências A-B-C, A-C-B, B-A-C, B-C-A, C-A-B e C-B-A. Foram recrutados pacientes com cardiopatias graves. Washout: 24h entre banhos. Variáveis dependentes: Temperatura corporal, Satisfação (Escala Semântica Diferencial), Frequência cardíaca, Pressão sistólica, Pressão diastólica, PAM, SpO2 e Frequência respiratória. Equipamentos: Monitores Multiparamétricos setoriais, Placa aquecedora em cerâmica sem agitação C-MAG HP10. Controlador de temperatura ETS D5. Termohigrômetro com data Logger Kimalogg Pro. Resultados: Mediante a análise dos resultados, os dados não apresentaram nenhuma significância estatística que possa ser considerada como recomendação ou direcionamento sugerindo que cause melhoria ou deletério ao paciente. Quanto a análise da satisfação do paciente, também não se encontrou dados que pudessem estratificar a preferência do paciente por um determinado banho. Entende-se por isso que qualquer dos três banhos possam ser realizados de forma segura e satisfatória ao paciente, sendo plausível que a escolha seja feita pelo paciente. Conclusão: O banho no leito tradicional com água a 42,5°C, o banho no leito com frasco ampola de água destilada aquecida e o banho no leito com lenços umedecidos para banho aquecidos, em pacientes em pós-cirurgia cardíaca e internados em uma UTI não apresentaram nenhuma alteração significativa quanto as variáveis FC, FR, Tax, PAS, PAD, PAM, SpO2, Hb e satisfação do paciente. Levando-nos novamente a disponibilizar ao paciente as tecnologias disponíveis na unidade hospitalar, a fim de que o mesmo decida com a ajuda de um profissional, qual a melhor técnica para banho que ele deseja receber, levando em consideração todas as etapas do procedimento em si, de forma clara e objetiva.
metadata.dc.description.abstractother: Introduction: The nursing team is responsible for bathing in the bed, a technique that affects clinical status, especially in a group of patients with severe heart disease, which ends up making a complex procedure. Due to the lack of knowledge of the actual hemodynamic effects satisfactory and may increase the costs related to the practice. Complete bathing in the bed is a technique for fully dependent individuals who need total hygienic care. It is an activity that can be exhaustive for the patient, even if the nurse performs the total care. In this context, it is necessary for nurses to rejoin the procedure to improve the quality of the bath offered to patients. Objectives: To investigate the hemodynamic and satisfactory repercussions during the performance of the three types of bed bathing: traditional bed bathing at 42.5ºC, bed bathing with vial of hot distilled water and bed bathing with warmed wipes. To compare hemodynamic and satisfactory repercussions, under water temperature control, multiparametric data analysis, applicability of a questionnaire to evaluate satisfaction in patients hospitalized with severe cardiomyopathy. To propose an educational video to choose the type of bath in the patient bed after cardiac surgery hospitalized in a cardio-intensive unit, based on hemodynamic repercussions and patient satisfaction. Method: It was a 3 X 3 Crossover Clinical Trial. It is a clinical trial, which has three stages of the 3 X 3 crossover type, with analysis of the sequences A-B-C, A-C-B, B-A-C, B-C-A, C-A-B and C-B-A. Patients with severe cardiopathies were recruited. Washout: 24 hours between baths. Dependent variables: Body temperature, Satisfaction (Differential Semantic Scale), Heart rate, Systolic pressure, Diastolic pressure, MAP, SpO2 and Respiratory rate. Equipment: Sectional Multiparametric Monitors, Non-shaking Ceramic Heating Plate C-MAG HP10.Temperature controller ETS D5. Thermometer with Kimalogg Pro data logger. Results: By analyzing the results, as presented the data did not present any statistical significance that can be considered as recommendation or guidance suggesting that it causes improvement or deleterious to the patient. Regarding the analysis of patient satisfaction, data were also not found that could stratify the patient's preference for a given bath. It is understood that any of the three baths can be performed safely and satisfactorily to the patient, and it is plausible that the choice is made by the patient. Conclusion: The bath in the traditional bed with water at 42.5 ° C, bath in the bed with ampoule flask of heated distilled water and bath in the bed with wipes heated for bath, in patients after cardiac surgery and hospitalized in a ICU, did not present any significant changes regarding variables, HR, FR, Tax, SBP, DBP, PAM, SpO2, Hg and patient satisfaction. Again, we made available to the patient the technologies available in the hospital unit for the patient, in order to that the same decide with the help of a professional, which is the best bathing technique that he wishes to receive. Taking into account all steps of the procedure itself, clearly and objectively.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/8795
Appears in Collections:MPEA - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ana Beatriz Alves Pereira Lobo.pdf1.59 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons