Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/8909
Title: A construção da integralidade em saúde na comunidade da Mangueira
Authors: Alcântara, Elizabeth da Silva de
metadata.dc.contributor.advisor: Silva Júnior, Aluísio Gomes da
metadata.dc.contributor.members: Silva Junior, Aluísio Gomes da
Machado, Mônica Thereza Christa
Favoreto, Cesar Augusto Orazem
Issue Date: 2013
Citation: ALCÂNTARA, Elizabeth da Silva de. A construção da integralidade em saúde na comunidade da Mangueira. 2013. 86 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2013.
Abstract: Este estudo teve como objetivo analisar o processo de trabalho em saúde no Centro Municipal de Saúde Tia Alice na comunidade da Mangueira, município do Rio de Janeiro. Este tema configura-se um desafio diante do que preconiza o Sistema Único de Saúde para um programa que está sob a ótica da Integralidade, destacando a fragmentação do trabalho, a dificuldade no projeto terapêutico e na continuidade do tratamento. Por isso, identificar como os pacientes e profissionais analisam o atendimento torna-se relevante para fins de (re) organização dos processos de trabalho. Foi realizada uma pesquisa qualitativa, onde os dados foram colhidos no contexto de dois grupos focais: com trabalhadores de uma Unidade Básica de Saúde da Família, e com os usuários desse serviço. Para análise dos dados, seguiu-se a técnica de análise de conteúdo categorial temática, sendo necessária a construção de um quadro de análise que nos ajudou a analisar, refletir e discutir as falas dentro dos grupos focais. As informações foram coletadas em 2012 e 2013. A amostra de pacientes participantes foi do grupo de diabéticos e hipertensos porque esse é o grupo que representa a maioria dos casos atendidos nesse Programa de assistência à saúde. Foram mulheres com idade entre 54 e 79 anos, todas vinculadas há mais de um ano no programa do CMS Tia Alice e pertencentes ao grupo de condição crônica. O grupo focal realizado com profissionais reuniu uma das três equipes do programa clínica da família (a responsável pelo maior número de atendimentos desse grupo de condição crônica). Sendo essa formada por médico, farmacêutico, dentista, enfermeiro, técnico de enfermagem e agentes de saúde. Foram constituídas as seguintes categorias: Integralidade/Acolhimento, vínculo, projeto terapêutico e continuidade no tratamento. O estudo suscitou discussão referente às práticas de acolhimento e reorientação do serviço, apontou possíveis intervenções para reorganização do processo de trabalho e qualificação assistencial baseada nas expectativas e necessidades apontadas pelos usuários, bem como para formação de projeto terapêutico
metadata.dc.description.abstractother: This study aimed to analyze the process of health work in the Municipal Health Center Tia Alice in the Mangueira community, in Rio de Janeiro. This theme sets up a challenge before recommending the Health System for a program that is from the perspective of completeness, highlighting the fragmentation of work, the difficulty in designing therapeutic and continuity of care. Therefore, identifying how patients and practitioners analyze the service becomes relevant for the purpose of (re) organization of work processes. We conducted a qualitative study where the data were collected in the context of two focus groups: workers with a Basic Family Health, and users of this service. For data analysis, followed by the technique of content analysis thematic category, requiring the construction of a framework of analysis that helped us to analyze, reflect and discuss the statements within the focus groups. The information was collected in 2012 and 2013. The sample of participants was patients of diabetic and hypertensive because this is the group that represents the majority of the cases seen in this health care program. Women selected were in age between 54 and 79 years, all linked for over a year in the CMS Tia Alice program and belonging to the group of chronic condition. The focus group was conducted by professional teams, met one of three family clinic program (responsible for the largest number of calls this group of chronic condition). That is being formed by a physician, pharmacist, dentist, nurse, and health agents. The following categories were established: Completeness/Hospitality, bond, and therapeutic project continuity in treatment. The study raised discussion regarding practices and reorientation of the host service, pointed to possible interventions reorganization of work and care qualification based on the expectations and needs identified by users as well as for training of therapeutic project
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/8909
Appears in Collections:PPGSC - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Elizabeth da Silva de Alcântara Dissertação.pdf1.14 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons