Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/8942
Title: Informação sobre dengue: estudo dos materiais informativos utilizados no controle e prevenção da doença na comunidade de Vila Turismo, Bairro de Manguinhos, Rio de Janeiro, RJ
Authors: Vasconcelos, Welida Carvalho
metadata.dc.contributor.advisor: Kawa, Hélia
metadata.dc.contributor.advisorco: Oliveira, Rosely Magalhães de
metadata.dc.contributor.members: Kawa, Hélia
Oliveira, Rosely Magalhães de
Wong Un, Júlio Alberto
Claro, Lenita Barreto Lorena
Cunha, Marize Bastos da
Issue Date: 2013
Citation: VASCONCELOS, Welida Carvalho. Informação sobre dengue: estudo dos materiais informativos utilizados no controle e prevenção da doença na comunidade de Vila Turismo, bairro de Manguinhos, Rio de Janeiro-RJ. 2013. 109 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2013.
Abstract: Introdução: O presente estudo foi realizado no período de 2011 a 2012 em Vila Turismo, comunidade localizada no bairro de Manguinhos, município do Rio de Janeiro. A localidade apresenta inúmeros fatores que favorecem a ocorrência de dengue, um dos principais problemas de saúde da atualidade. Historicamente o controle dessa doença privilegia ações voltadas ao controle de vetor. No entanto, melhorias são percebidas, como por exemplo, a inserção do componente Informação, Educação e Comunicação – IEC nos programas de controle. Os materiais informativos consistem em importantes recursos nas atividades de IEC e devem ser elaborados de modo a se tornarem eficientes em suas finalidades. Estudos sobre a qualidade e a utilização de materiais informativos podem auxiliar na identificação de falhas em sua elaboração e de limitações em seu uso. Objetivo: Identificar e caracterizar os materiais informativos sobre dengue utilizados na comunidade de Vila Turismo. Metodologia: Estudo de natureza qualitativa descritiva voltado para a identificação e caracterização dos materiais informativos sobre dengue utilizados na comunidade de Vila Turismo, bairro de Manguinhos, Rio de Janeiro. Foi realizado através de pesquisa documental em diferentes instituições de atuação local, envolvidas com ações de controle e prevenção da dengue e junto a atores sociais em seus diferentes campos de atuação relacionados com essas ações. Foram consideradas informações de lideranças comunitárias, agentes sociais ligados a ONGs de atuação local e profissionais do serviço de saúde, alguns desses também moradores da localidade ou do bairro. Foram considerados todos os tipos de materiais informativos impressos ou digitais.Resultados: Do total de 26 materiais informativos identificados, 21 (81%) foram impressos e apenas 5 (19%) se apresentaram em outros tipos de mídias (DVDs, CD e vídeo). Os materiais informativos impressos no formato de cartazes e panfletos foram os que apresentaram uma maior variedade gráfica e de formato. Verificou-se que, dos 26 materiais encontrados, 84% (22) eram dirigidos à população em geral, 8% (2) à profissionais de educação, 4% (1) à capacitação técnico-científica e 4% (1) à divulgação técnico-operacional. Observou-se uma maior exploração de temas ligados ao vetor e ao seu controle, tanto na forma de textos, quanto na de imagens e ilustrações. A linguagem prescritiva e de culpabilização foram as mais utilizadas tanto nos materiais informativos, quanto nos discursos colhidos nas entrevistas. Discussão e Considerações finais: Ao analisar as características dos materiais informativos sobre dengue utilizados em nível local, esse estudo permitiu discutir pontos relevantes sobre a elaboração e utilização desses recursos, componentes importantes nas ações de controle e prevenção da doença. No entanto, as percepções apresentadas devem ser complementadas com análises mais amplas e colaborativas, que favorecerão a elaboração de materiais informativos mais adequados e eficientes. Compreendendo essa importância e considerando nossos resultados, sugerimos o aprofundamento dos estudos sobre materiais informativos utilizados em nível local que avalie as percepções de profissionais e população sobre estes e possibilite a construção de canais colaborativos de discussões e reflexões sobre a produção de materiais que considerem a realidade local
metadata.dc.description.abstractother: Introduction: This study was conducted in the period from 2011 to 2012 in VilacTurismo, community located in the neighborhood of Manguinhos, municipality of Rio de Janeiro. The town has numerous factors that favor the occurrence of dengue, one of the major health problems of today. Historically, the control of the disease favors actions aimed at vector control. However, improvements are seen, for example, the insertion component information, education and communication - IEC control programs. These materials consist of important features in IEC activities and should be developed in order to become effective in their purposes. Studies on the quality and use of informational materials can help identify flaws in their design and limitations in its use. Objective: To identify and characterize the materials on dengue used in the community of Vila Turismo (Village Tourism). Methodology: a qualitative descriptive study aimed at the identification and characterization of materials on dengue used in the community of Village Tourism, Manguinhos neighborhood, Rio de Janeiro. Was conducted through desk research in different institutions of local operations, involved with stock control and prevention of dengue and with the social actors in their different fields of expertise related to these actions. We considered information from community leaders, social workers attached to NGOs and local performance of healthcare professionals, some of these also residents of the locality or neighborhood. We considered all types of informational materials printed or digital. Results: A total of 26 informative materials identified, 21 (81%) were printed and only 5 (19%) were observed in other types of media (DVDs, CDs and video). Informational materials printed in the form of posters and leaflets were those with a greater variety and graphical format. It was found that out of 26 found materials, 84% (22) were directed to the general population, 8% (2) to professional education, 4% (1) the technical-scientific and 4% (1) the disclosure technical-operational. There was a further exploration of topics related to the vector and its control, either in the form of texts, as in images and illustrations. The prescriptive language and blame were the most used in both informative material, as in the speeches collected in the interviews. Discussion and Concluding Remarks: By analyzing the characteristics of informational materials about dengue used locally, this study allowed to discuss relevant points on the preparation and use of these resources, important components in efforts to control and disease prevention. However, the perceptions presented should be complemented with broader analysis and collaborative, which will favor the development of informational materials most suitable and efficient. Understanding this importance and considering our results, we suggest further studies of informational materials used at the local level to assess the perceptions of professionals and public about these and enables the construction of canals collaborative discussions and reflections on the production of materials to consider the reality site
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/8942
Appears in Collections:PPGSC - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO - 115.pdf14.62 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.