Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9042
Title: Análise dos casos de tuberculose na área programática 3.1: uma contribuição para o cuidado da estratégia saúde da família, no município do RJ
Other Titles: Analysis of tuberculosis cases in program area 3.1: a contribution to the care of the family health strategy, in the city of RJ
Authors: Maues, Natália dos Santos Freitas
metadata.dc.contributor.advisor: Andrade, Marilda
Issue Date: 2018
Citation: Maues, Natália dos Santos Freitas. Análise dos casos de tuberculose na área programática 3.1: uma contribuição para o cuidado da estratégia saúde da família, no município do RJ. 2018. 75 f. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Ciências do Cuidado em Saúde) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2018
Abstract: Objetivou- se neste estudo analisar o perfil da prevalência da tuberculose atendidos na Área Programática 3.1 do Município do RJ nos últimos cinco anos segundo as variáveis sociodemográficas e clínico- laboratoriais do prontuário eletrônico do paciente (PEP). Trata- se de estudo epidemiológico retrospectivo com abordagem quantitativa. Os desfechos primários que estão sendo observados no estudo são: registro do número do Sinan no prontuário; ter realizado pelo menos cinco consultas médicas ou de enfermagem no período do tratamento; ter alta por cura da TB registrado no prontuário; Ter registro do resultado de exame anti- HIV até o segundo mês de tratamento; Ter registro de avaliação de todos os contatos; Ter recebido do ACS (Agente Comunitário de Saúde) pelo menos 12 visitas durante o período de análise. A pesquisa foi aprovada no Comitê de Ética e Pesquisa do HUAP/UFF e da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro. Os resultados demonstraram que entre 2012 e 2017, foram notificados em moradores da AP 3.1- 5.622 casos pelo Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) e 2561 pelo prontuário eletrônico do paciente (PEP). Quanto ter registro no Sinan no PEP: 81,6 % apresentaram, 53,37% possuíam 5 consultas ou mais durante o tempo de tratamento, 40,33% obtiveram alta por cura no PEP. O indicador de abandono/ óbito no PEP foi de 59,66%. O registro de 2 BAAR no PEP foi de 25,18%. O registro do resultado do teste de HIV até o 2° mês de tratamento no PEP foi de 44,67%. Registro de avaliação de todos os contatos: 1, 91 %. Pelo menos 12 visitas domiciliares pelos ACS: 67,12 %. Pelo menos um atendimento odontológico: 20,61%. Conclui- se que como aspectos positivos a grande maioria dos atendidos possuíam registro no Sinan, mais da metade da amostra possuíam cinco consultas médicas/enfermagem durante o tratamento, assim como as visitas dos ACS, apontando para uma ampliação do acesso ao diagnóstico e tratamento da doença no território. Apesar disso, a proporção de cura ainda se manteve inferior aos 85% recomendados e o abandono do tratamento, superior aos 5% aceitáveis. Indicadores operacionais como o registro de testagem para o HIV entre casos novos de TB, porcentagem de atendimento odontológico e proporção de contatos avaliados entre os registrados merecem atenção especial, por parte da Coordenação da Área, dos gestores das unidades e das equipes da ESF
metadata.dc.description.abstractother: The objective of this study was to analyze the profile of tuberculosis cases treated in Program Area 3.1 of the Municipality of RJ in the last five years according to socio demographic and laboratory clinical characteristics of the electronic patient record (PEP). This is a retrospective epidemiological study with a quantitative approach. The primary outcomes that are being observed in the study are: registration of the SINAN number in the medical record; have performed at least 5 medical or nursing appointments during the treatment period; discharge for TB treatment recorded on the patient record; Have the HIV test result recorded by the second month of treatment; Have evaluation records of all contacts; Have received at least 12 visits from the ACS (Community Health Agent) during the review period. The research was carried out in Program Area 3.1 (AP 3.1) in the Municipality of Rio de Janeiro. The research was approved by the Ethics and Research Committee of HUAP / UFF and the City Hall of Rio de Janeiro. The results showed that, between 2012 and 2017, patients were reported in the AP 3.1 - 5,622 cases by the SINAN and 2561 by the electronic patient record (PEP). How much to register in the SINAN in the PEP: 81.6% presented. Already 53.37% had 5 or more appointments during the treatment time, 40.33% were discharged for cure in the PEP. The indicator of abandonment / death in the PEP was 59.66%. The recording of 2 BAAR in PEP was 25.18%. The record of the HIV test result up to the 2nd month of treatment in the PEP was 44.67%. Record of evaluation of all contacts: 1, 91%. At least 12 home visits by the ACS: 67.12%. At least one dental care: 20.61%. It was concluded that as a positive aspect, the vast majority of those attending had a SINAN registry, more than half of the sample had 5 medical / nursing consultations during the treatment, as well as visits by the ACS, pointing to an increase in access to diagnosis and treatment of disease in the territory. Despite this, the cure rate still remained below the recommended 85% and treatment dropout, which is higher than the acceptable 5%. Operational indicators such as the HIV testing register among new TB cases, percentage of dental care and the proportion of contacts evaluated among those registered deserve special attention from the Area Coordination, the unit managers and the ESF teams
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9042
Appears in Collections:PACCS - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Natalia dos Santos Freitas Maues.pdf1.09 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons