Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9069
Title: O impacto da nicotina sobre a fertilidade feminina
Authors: Sousa, Daniel Gomes de
metadata.dc.contributor.advisor: Santos, Rachel Moreira Morais dos
metadata.dc.contributor.members: Santos, Rachel Moreira Morais dos
Brum, Ana Karine Ramos
Oliveira, Larissa Paixão Lucas de
Issue Date: 2011
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Sousa, Daniel Gomes de. O impacto da nicotina sobre a fertilidade feminina. 2011. 55f. Trabalho de Conclusão de curso (Graduação em Enfermagem) – Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2011.
Abstract: Sabe-se que o tabagismo é um grave problema contemporâneo na área da saúde, em razão da grande prevalência de fumantes e da alta taxa mortalidade decorrente das patologias desencadeadas por esta prática, este problema se reflete principalmente sobre a saúde da mulher, atualmente o principal alvo da indústria tabaqueira. Desta forma este estudo trata-se de uma pesquisa do tipo experimental, cujo objetivo foi determinar os principais efeitos deletérios gerados pela nicotina, uma das principais substâncias presentes no tabaco sob o sistema reprodutor feminino de camundongos suíços. Para tal foi realizada administração oral de nicotina freebase (50μg/ml) em 2% de sacarina, os animais foram divididos em dois grupos, nicotina (n=10) e controle (n=10). O tratamento teve início após 60 dias de nascimento (P60) e duração de 41 dias. O peso, ingesta alimentar, líquida e o ciclo estral foram acompanhados ao longo de todo tratamento. Um segundo período experimental foi realizado para avaliação do período gestacional sob vigência da droga, neste foi acompanhado o peso das camundongas prenhas, o número e peso de filhotes nascidos vivos, além do número de natimortos. Mediante análise dos resultados observou-se maior ingestão significativa de líquido pelo grupo nicotina. Quanto ao ciclo estral foi evidenciada menor proporção da fase metaestro nos animais tratados com nicotina (N= 9,60 ± 0,33 vs controle). No segundo grupo experimental observou-se menor número de nascidos vivos pelos animais nicotina, e alteração significativa quanto peso destes. Os animais nicotina também apresentam maior índice de mortalidade, enquanto o mesmo esteve ausente nos animais controle. Mediante aos achados do estudo observa-se alterações negativas decorrentes desta substância sob o sistema reprodutor feminino, principalmente ao que tange a fertilidade, contudo novos estudos devem ser executados para elucidação dos processos envolvidos, uma vez que são de grande relevância para pratica assistencial em enfermagem, contribuindo na implementação de métodos efetivos na prevenção e incentivo a cessão do tabagismo por mulheres fumantes.
metadata.dc.description.abstractother: It is known that smoking is a contemporary serious problem in health care, due to the high prevalence of smoking and high rate of mortality from diseases triggered by this practice, this problem is reflected mainly on women's health, currently the main target of the tobacco industry. Thus this study it is an experimental type research, whose main objective was to determine the deleterious effects produced by nicotine, one of the main substances present in tobacco in the female reproductive system of Swiss mice. This is why we held oral administration of freebase nicotine (50μg/ml) in 2% saccharin, animals were divided into two groups, nicotine (n = 10) and control (n = 10). Treatment began 60 days after birth (P60) and duration of 41 days. The weight, food intake, liquid and estrous cycle were monitored throughout treatment. A second trial was conducted to evaluate the effect of pregnancy under effect of this drug, this was accompanied by the weight of pregnant mice, the number and weight of pups born alive, and the number of stillbirths. Upon analysis of results was observed significantly higher intake of liquid nicotine by the nicotine group. The estrous cycle was observed a lower proportion of metestrus phase in animals treated with nicotine (N = 9.60 ± 0.33 vs. control). In the second experimental group showed lower number of animals born alive from the nicotine group, and significant changes on the weight of these animals. The nicotine animals also present a higher mortality, while it was absent in control animals. Upon the findings of the study, we observed negative changes caused by this substance in the female reproductive system, especially when it comes to fertility, but further studies should be performed to elucidate the processes involved, since they are highly relevant to nursing care practice , contributing to the implementation of effective methods to promotion and prevention of tobacco smoking by women.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9069
Appears in Collections:EEAAC - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tcc Daniel Gomes de Sousa.pdf782.4 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.