Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9093
Title: Avaliação de desempenho funcional dos pacientes oncológicos por meio da escala de cuidados paliativos
Authors: Siqueira, Maria Albermária Veras
metadata.dc.contributor.advisor: Fuly, Patrícia dos Santos Claro
metadata.dc.contributor.members: Fuly, Patrícia dos Santos Claro
Santos, Mauro Leonardo Salvador Caldeira dos
Ferreira Júnior, Josemar
Issue Date: 2013
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Siqueira, Maria Albermária Veras. Avaliação de desempenho funcional dos pacientes oncológicos por meio da escala de cuidados paliativos. 2013. 55f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) – Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense, 2013.
Abstract: Os cuidados paliativos vêm se fortalecendo como uma alternativa de cuidados aos pacientes portadores de neoplasias, onde o foco dos profissionais deixa de ser a cura e passa a ser a busca por uma melhor qualidade de vida para o cliente, através do controle dos sintomas. As ações paliativas devem ser implementadas em todos os pacientes com doenças crônico-degenerativas. O objeto deste estudo é o desempenho funcional dos pacientes oncológicos com câncer avançado. Com base nesse objeto, o presente estudo pretende testar a seguinte hipótese: O desempenho funcional dos pacientes oncológicos, com câncer avançado, guarda relação com a renda familiar dos pacientes? Para tanto, utilizaremos a Palliative Performance Scale (PPS). O objetivo geral deste estudo é Propor um manual de orientações com cuidados paliativos oncológicos, baseado na correlação entre o desempenho funcional baseado na palliative performance scale e a renda familiar dos pacientes. Mais de 58% de todos os cânceres ocorrem em pessoas idosas, e cerca de dois terços de todas as mortes por câncer acontecem em pessoas com 65 anos de idade, ou mais, população esta que necessita de um cuidado especial, onde deve-se incluir as preocupações físicas, psicossociais e financeiras. Ao analisar os resultados obtidos através da avaliação de desempenho funcional destes pacientes, percebemos que o escore de 60% foi encontrado em 25% dos sujeitos da pesquisa. Outros 25% dos pacientes apresentaram escore de 40%, esta performance de desempenho funcional é referente aos pacientes que permanecem a maior parte do tempo acamados, ou seja, são pacientes que possuem uma certa dependência dos seus cuidadores para realização das atividades diárias na maior parte do tempo, reforçando a necessidade de elaborar um manual para nortear as orientações de enfermagem que devem ser dadas aos cuidadores e aos próprios pacientes, baseado nos possíveis sintomas que estes pacientes possam vir a apresentar.
metadata.dc.description.abstractother: Palliative care have been strengthening as an alternative to care for patients with neoplasms, where professional focus is healing and becomes the quest for better quality of life for the client, through the control of symptoms. The remedial actions should be implemented in all patients with chronic degenerative diseases. The object of this study is the functional performance of cancer patients with advanced cancer. Based on this object, the present study aims to test the following hypothesis: the functional performance of cancer patients with advanced cancer, custody relationship with family income of patients? To do so, we will use the Palliative Performance Scale (PPS). The overall objective of this study is to Propose a manual of guidelines with oncology, palliative care based on correlation between functional performance based on palliative performance scale and the patients family income. More than 58% of all cancers occur in older people, and about two-thirds of all cancer deaths occur in people 65 years of age or more, this population that needs special care, where you must include the physical, psychosocial and financial concerns. To analyze the results obtained through the functional performance evaluation of these patients, we realize that the score of 60% was found in 25% of the research subjects. Other 25% of the patients presented a score of 40%, this performance of functional performance is for patients who remain bedridden most of the time, i.e. they are patients that have a certain dependence on their caregivers to carry out the daily activities most of the time, reinforcing the need to draw up a manual to guide nursing guidelines that must be given to caregivers and patientsbased on possible symptoms that these patients may present.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9093
Appears in Collections:EEAAC - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tcc Maria Albermária Veras Siqueira.pdf623.65 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.