Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9098
Title: Acolhimento como estratégia de adesão do usuário com tuberculose submetido ao DOTS
Authors: Maues, Natália dos Santos Freitas
metadata.dc.contributor.advisor: Daher, Donizete Vago
metadata.dc.contributor.advisorco: Andrade, Marilda
metadata.dc.contributor.members: Daher, Donizete Vago
Andrade, Marilda
Rembold, Simone Martins
Issue Date: 2013
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Maues, Natália dos Santos Freitas. Acolhimento como estratégia de adesão do usuário com tuberculose submetido ao DOTS. 2013. 60f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) – Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense, 2013.
Abstract: Este estudo objetivou compreender o acolhimento como estratégia de adesão do usuário que teve tuberculose submetido ao DOTS. Estudo qualitativo descritivo realizado em uma Unidade de Saúde da Família do Município de Itaboraí- RJ, com 7 usuários durante o ano de 2012. A análise temática produziu quatro núcleos: O acolhimento dos profissionais de saúde no enfrentamento da tuberculose e do DOTS no olhar dos usuários; Saberes sobre a tuberculose e as formas de tratamento: o saber negado; O determinante papel da família no processo de tratamento; Limitações para se seguir o tratamento. Identificou-se que o acolhimento realizado por diferentes profissionais de saúde, em especial pelos ACS, se configura como determinante para o sucesso do DOTS. O vínculo entre a ESF e o usuário com tuberculose submetido ao DOTS pode ser positivo quando gera autonomia e promove o autocuidado, ou negativo quando produz dependência e insegurança. Conclui-se que a rede social, em especial a família, apresenta-se como um grande suporte para a adesão e o sequenciamento do tratamento.
metadata.dc.description.abstractother: This study aimed at understanding the embracement as a strategy the adhesion of users tuberculosis wich was subjected to DOTS. Qualitative and descriptive study carried out at a Family Health Unit of the Municipality of Itaboraí- RJ, with 7 users during the year 2013. The thematic analysis produced four cores: The embraced health professionals in tackling tuberculosis and DOTS in the eyes of users; Knowledge about tuberculosis and treatment forms: Knowledge denied; The decisive role of the family in the treatment process; Limitations to follow the treatment. It Was identified the embracement performed by different health professionals, in particular by community healt works configures as crucial to the success of DOTS. The link between the family healt unit and the user submitted to DOTS can be positive when it generates promotes autonomy and self- care, or negative when it produces dependence and insecurity. It is concluded that the social network, in particular family, appears as a major support for adhesion and sequencing of treatment.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9098
Appears in Collections:EEAAC - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tcc Natália dos Santos Freitas Maues.pdf1.12 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.