Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9107
Title: A visita domiciliar como prática de acolhimento no Programa Médico de Família/Niterói
Authors: Santos, Sheila de Almeida Souza
metadata.dc.contributor.advisor: Souza, Ândrea Cardoso de
metadata.dc.contributor.members: Souza, Ândrea Cardoso de
Marques, Dalvani
Rocha, Pedro Carlos Xavier da
Abrahão, Ana Lúcia
Issue Date: 2011
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Santos, Sheila de Almeida Souza. A visita domiciliar como prática de acolhimento no Programa Médico de Família/Niterói. 2011. 59f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) – Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense, 2011.
Abstract: O presente estudo está inserido no campo da atenção primária a saúde, tendo como objetivo conhecer as acepções que os profissionais do Programa Médico de Família conferem a Visita Domiciliar como uma possibilidade de acolhimento. Foi realizado uma pesquisa exploratória com abordagem qualitativa, tendo sido adotadas como técnicas de pesquisa: levantamento documental, observação participante e entrevista semi-estruturada com atores das equipes do Programa Médico de Família de Niterói dos seguintes módulos: Cafubá II, Engenho do Mato I, Palácio e Viradouro. A amostra foi composta por 13 profissionais, sendo um agente comunitário de saúde, duas enfermeiras, quatro médicas e seis técnicas de enfermagem. Os dados foram analisados através da análise de conteúdo, da qual emergiram as seguintes categorias: a potencialidade da visita domiciliar como um dispositivo de acolhimento; planejamento da visita domiciliar no programa médico de família; visita domiciliar como instrumento de (re) significar a prática dos profissionais. A VD possibilita a construção de vínculos entre usuários, familiares e profissionais, fato este que potencializa a VD como um dispositivo para o acolhimento em saúde.
metadata.dc.description.abstractother: The present study the health is inserted in the field of the primary attention, having as objective to know the meanings that the professionals of the Medical Program of Family confer the Domiciliary Visit as a shelter possibility. A exploratory research with qualitative boarding was carried through, having been adopted as research techniques: documentary survey, participant comment and interview half-structuralized with actors of the teams of the Medical Program of Family of Niterói of the following modules: Cafubá II, Engenho do Mato I, Palácio and Viradouro. The sample was composed for 13 professionals, being a communitarian agent of health, two nurses, four doctors and six techniques of nursing. The data had been analyzed through the content analysis, of which the following categories had emerged: the potentiality of the domiciliary visit as a shelter device; planning of the domiciliary visit in the medical program of family; domiciliary visit as instrument of (reverse speed) meaning the practical one of the professionals. The VD makes possible the construction of bonds between users, family and professional, fact this that potentiates the VD as a device for the shelter in health.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9107
Appears in Collections:EEAAC - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tcc Sheila de Almeida Souza Santos.pdf262.75 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.