Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9119
Title: Teletrabalho na administração pública: desenvolvimento de método de identificação de tarefas teletrabalháveis
Other Titles: Teleworking in public administration: development of an identification method for teleworkable tasks.
Authors: Carneval, Patricia Paranhos de Oliveira
metadata.dc.contributor.advisor: Hecksher, Suzana Dantas
metadata.dc.contributor.members: Ferraz, Fernando Toledo
Araujo, Fernanda Santos
Issue Date: 2018
Abstract: A utilização das tecnologias de informação e comunicação (TIC`s), a demanda por serviços de qualidade e eficientes, as questões de custo de vida, dos recursos laborais, assim como a dificuldade na mobilidade urbana moldam um contexto que favorece a ampliação da adoção do teletrabalho, ou trabalho remoto, associando flexibilização de lugar e tempo à jornada de trabalho. Em função da complexidade para a sua adoção, faz-se necessário o estudo das condicionantes para viabilizar esta mudança na organização do trabalho, que já começa a ser praticada também na administração pública brasileira. Sua difusão, ainda incipiente no setor público, abre campo para a presente pesquisa que tem por objetivo central desenvolver um método de identificação de tarefas teletrabalháveis, tomando como objeto de estudo uma Instituição Federal de Ensino Superior. Com base na revisão bibliográfica e na análise de documentos que regulamentam o teletrabalho no país, foram identificados fatores relacionados às características pessoais, da tarefa, da estrutura da organização e da tecnologia que favorecem ou dificultam o sucesso do teletrabalho. A partir desta identificação, foi desenvolvido nesta pesquisa um método de identificação de tarefas teletrabalháveis que inclui: um roteiro estruturado de entrevista presencial para levantamento de informações; um conjunto de indicadores, critérios e diretrizes para análise da aderência entre as respostas obtidas e os fatores críticos de sucesso para o teletrabalho; um instrumento de classificação da situação analisada (pessoa-tarefas), que aponta se há indicação para teletrabalho ou quais são as pendências para viabilizar a indicação. O método foi testado e revisado a partir da aplicação junto a cinco trabalhadores, contemplando 20 processos de trabalho de cinco diferentes setores da instituição. Os resultados apontam para, além do mapeamento de processos, a necessidade de consideração de variabilidades humanas, da atividade e das especificidades do serviço público no planejamento da adoção do teletrabalho.
metadata.dc.description.abstractother: The use of information and communication technologies (ICTs), the demand for quality and efficient services, questions regarding cost of living, labor resources, as well as the difficulty in urban mobility, shape a context which favors the expansion in adopting telecommuting, or remote work, associating therefore flexibility of place and time to the work day. Due to the complexity in its adoption, the necessity surges to study the conditions in order to make this change possible in the work organization, which is already starting to be practiced in the Brazilian public administration. Its diffusion, though still incipient in the public sector, opens the domain for this present research which main objective is to develop a method of identification for teleworkable tasks, taking as object for study a Federal Institution of Higher Education. Based on the reviewed bibliography and document analysis that regulate teleworking in the Country, factors were identified related to the personal characteristics, task, organizational structure and technology, that either favor or hinder the success of teleworking. Based on this identification, a method of distinguishing teleworkable tasks was developed in this research, which includes: a structured direct interview script for information gathering; a set of indicators, criteria and guidelines for analyzing of the adherence between the answers obtained and the critical success factors for telework; an instrument for classification of the analyzed situation (people - tasks), which shows if there is indication for telework or what is pending to make the indication feasible. The method was tested and revised by application with five workers, contemplating twenty work processes from five different departments within the institution. The results point the need to consider, beyond process maping, human variables, activity and the specifics of the public service in planning the adoption of telework.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9119
Appears in Collections:MSG - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert Patrícia P de O Carneval.pdf2.46 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.