Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9160
Title: A complexidade do campo da bioética: considerações sobre os espaços discursivos em disputa
Authors: Almeida Neto, João Beccon de
metadata.dc.contributor.advisor: Franco, Túlio Batista
metadata.dc.contributor.members: Franco, Túlio Batista
Rego, Sergio Tavares de Almeida
Rego, Marisa Palácios da Cunha e Melo de Almeida
Silva, Ana Lucia Abrahão da
Feijó, Anamaria Gonçalves dos Santos
Issue Date: 2018
Citation: ALMEIDA NETO, João Beccon de. A complexidade do campo da bioética: considerações sobre os espaços discursivos em disputa. 2018. 126 f. Tese (Doutorado em Bioética, ética aplica e saúde coletiva) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2018.
Abstract: Levando em consideração o entendimento tradicional da Bioética como um campo multidisciplinar e/ou interdisciplinar de pesquisa e formação; e considerando o desenvolvimento fomentado pela bioética no decorrer das últimas décadas, com a ampliação de temas que a mesma passou a envolver, bem como na própria mudança de paradigma que a mesma vem sofrendo, questiona-se se este entendimento ainda persiste. Especificamente, o presente trabalho procura interrogar o quanto a bioética se apresenta hoje de forma transdisciplinar e sua relação com os próprios atores do campo, nomeadamente na própria disputa dos espaços discursivos e sua relação com o campo. Usando do referencial de Bourdieu, se mostrou as repercussões das disputas discursivas sobre a reprodução de agenciamentos que de alguma forma não contribuem para consolidação do campo ou que formam espaços de formação de paradigmas. A bioética nasce como ambiente questionador de uma estética do conhecimento puramente racional, que via no ser humano um objeto a ser analisado. Mesmo assim, ainda se vislumbrou a reprodução de um discurso em que esta estética permanecia presente
metadata.dc.description.abstractother: Taking into account the traditional understanding of Bioethics as a multidisciplinary and / or interdisciplinary field of research and training; and considering the development fostered by bioethics over the last decades, with the expansion of themes that it has begun to involve, as well as the very paradigm shift that it has been suffering, it is questioned whether this understanding still persists. Specifically, the present work seeks to interrogate how bioethics presents itself today in a transdisciplinary way and its relation with the actors of the field, namely in the very dispute of the discursive spaces and their relationship with the field. Using Bourdieu's framework, the repercussions of the discursive disputes on the reproduction of assemblages that in some way do not contribute to the consolidation of the field or that form spaces of formation of paradigms were shown. Bioethics arises as a questioning environment of an aesthetic of purely rational knowledge, which saw in the human being an object to be analyzed. Even so, the reproduction of a discourse in which this aesthetic remained was still visible Research Ethics Committee.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9160
Appears in Collections:PPGBIOS - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
João Beccon de Almeida Neto Tese.pdf730.04 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons