Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9205
Title: Surdez, linguagem e desafios na psicologia clínica com foco na Gestalt-terapia
Authors: Galvão, Alice Angelis
metadata.dc.contributor.advisor: Alves, Priscila Pires
metadata.dc.contributor.members: Caminha, Vera Lúcia Prudência dos Santos
Silva, Edneusa Lima
Keywords: Psicologia
Issue Date: 2018
Citation: Galvão, Alice Angelis. Surdez, linguagem e desafios na psicologia clínica com foco na Gestalt-terapia. 2018. 37f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Psicologia)-Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal Fluminense, 2018.
Abstract: O presente trabalho buscar compreender a relação do surdo com a linguagem e como essa diferença linguística traz desafios para a psicologia clínica, com foco na Gestalt-terapia. Através do método de levantamento e revisão bibliográfica, identificou-se a ausência de produções que tratem da clínica em psicologia com pessoas surdas. A partir desse levantamento foi possível compreender os desafios para se desenvolver uma prática clínica com surdos que releve a sua condição e inclua a sua linguagem como recurso para comunicação e interação. (ponto final) O que aponta as dificuldades que a comunidade surda encontra para se estabelecer como cultura perante a sociedade ouvinte. Ressalta-se também a dificuldade encontrada na construção de práticas na psicologia que possam atender as demandas desse público. O trabalho revelou que para se pensar em uma sociedade verdadeiramente inclusiva, torna-se fundamental problematizar as questões que atravessam as pessoas com deficiência a fim de se constituírem saberes e ações que os alcancem.
metadata.dc.description.abstractother: The present work seeks to understand the relationship of the deaf person with language and how this linguistic difference brings challenges to clinical psychology, with a focus on Gestalt therapy. Through the method of survey and bibliographic review, the absence of productions dealing with the clinic in psychology with deaf people was identified. Based on this survey, it was possible to understand the challenges to develop a clinical practice with deaf people that will highlight their condition and include their language as a resource for communication and interaction. Which points out the difficulties that the deaf community finds in establishing itself as a culture the listening society. The difficulty found in the construction of practices in psychology that can meet the demands of this public is also highlighted. The work revealed that to think about a truly inclusive society, it becomes fundamental to problematize the issues that people with disabilities face in order to constitute knowledge and actions that reach them.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9205
Appears in Collections:VGS - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Alice Angelis Galvão - TCC.pdf650.43 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons