Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9209
Title: O modo de produção do cuidado em um Centro de Atenção Psicossocial: cenário de afetamentos entre os corpos autopoiese
Authors: Lopes, Cristiane Moura
metadata.dc.contributor.advisor: Franco, Túlio Batista
metadata.dc.contributor.members: Franco, Túlio Batista
Alvarez, Johnny Menezes
Moebus, Ricardo Luiz Narciso
Ramminger, Tatiana
Issue Date: 2012
Citation: LOPES, Cristiane Moura. O modo de produção do cuidado em um Centro de Atenção Psicossocial: Cenário de afetamentos entre os corpos autopoiese 2012. 125 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2012.
Abstract: Objetivo apresentar o Modo de Produção de Cuidado, enquanto um acontecimento autopoiético, que está em agenciamento no Centro de Atenção Psicossocial – CAPS – Herbert de Souza, da cidade de Niterói/RJ, a partir dos encontros entre os corpos na instituição. Entender como opera esse modo de produção de cuidado é entender as dinâmicas que se estabelecem na Instituição a partir das configurações que imprimem um determinado modo de trabalho e que refletem por isso, um determinado tipo de perfil assistencial. Parto da premissa de que para saber se houve mudança no CAPS, nós temos que analisar o funcionamento da práxis do trabalhador; porque será aí que encontraremos as práticas, a intencionalidade e as valises tecnológicas que o trabalhador se utiliza no processo de gestão e produção de cuidado. A questão, portanto, é a de compreender o processo que se efetiva no cotidiano dos encontros entre os corpos - afecções – dentro do CAPS, uma vez que esses encontros possuem a potência de revelar as distintas lógicas que se configuram a partir das micropráticas do Trabalho Vivo em Ato. Mediante o objeto de estudo dessa pesquisa, foi eleita a abordagem qualitativa, a partir da etnografia, pois entendo que será na esfera das experiências do cotidiano, da rotina da instituição, lugar onde ocorrem as relações face a face, que se podem conhecer os interesses, os motivos e as práticas que norteiam as ações dos sujeitos envolvidos e que caracterizam o modo de produção de cuidado. Utilizei também de outra técnica de coleta de dados - entrevistas com roteiros semiestruturados, com a qual foram realizadas 12 entrevistas com os trabalhadores do CAPS. A pesquisa nos revelou que o CAPS possui o desafio de superar as relações de decomposição, os ‘maus encontros’, (expressões preconizadas por Espinosa), para que de fato materialize a Reforma Psiquiátrica dentro da instituição, porquanto, ele é um dispositivo potencialmente potencializador do cuidado quando se torna capaz de promover relações de ‘alegria’, de ‘composição’, ou seja, quando promove ‘bons encontros’ entre os sujeitos envolvidos
metadata.dc.description.abstractother: aim to present the Production Mode of Care as an autopoietic event, which is brokering the Psychosocial Care Center - CAPS - Herbert de Souza, the city of Niterói / RJ, from encounters between bodies in the institution. Understanding how to operate this mode of production of care is to understand the dynamics that are established at the institution from the settings that print a particular way of working that reflect why a particular type of care profile. I start from the premise that to see if there was a change in CAPS, we have to analyze the functioning of the praxis of the worker, because there will be practices that meet the intent and technological suitcases which the employee is used in process management and production care. The question therefore is to understand the process that is effective in everyday encounters between bodies - conditions - within the CAPS, since these meetings have the power to reveal the different logics that are configured from the micropractices of Living Work in Act. Through the study object of this research, a qualitative approach was chosen, from ethnography, because I believe will be in the realm of everyday experience, the routine of the institution, where relationships occur face to face, which can meet the interests , the motives and practices that guide the actions of the individuals involved and characterize the mode of production of care. Also I used another technique of data collection - semistructured interviews with scripts, which were performed with 12 interviews with workers in CAPS. The survey revealed that CAPS has the challenge of overcoming the relations of decomposition, the 'bad encounters' (expressions by Spinoza), to actually materialize the Psychiatric Reform within the institution, because, it is a device potentially potentiating care when it becomes capable of promoting relations of 'joy' of 'composition', and when it promotes 'good encounters' between the subjects involved
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9209
Appears in Collections:PPGSC - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação - 142.pdf250.39 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.