Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9216
Title: Ringues de gênero: representações sobre a feminilidade entre praticantes de boxe
Authors: Oliveira Filho, Pedro Pio Azevedo de
metadata.dc.contributor.advisor: Guedes, Simoni Lahud
metadata.dc.contributor.members: Silva, Ana Paula
Cecchetto, Fátima Regina
Silva, Edilson Márcio Almeida
Issue Date: 2011
Citation: OLIVEIRA FILHO, Pedro Pio Azevedo de. Ringues de gênero: representações sobre a feminilidade entre praticantes de boxe. 2011. 273 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Pós-graduação em Antropologia, Departamento de Antropologia, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2011.
Abstract: O principal tema sobre o qual esta dissertação se debruça diz respeito às formas de construção de feminilidade no interior de uma prática esportiva individual considerada como hegemonicamente masculina: o Boxe. Tal prática, por exigir uma força física superior em relação a outras modalidades esportivas, poderia, em princípio, excluir praticantes do sexo feminino. Todavia, ao pesquisar sites relacionados a mulheres pugilistas, pude identificar ali não só uma fonte relevante de pesquisa, mas também vislumbrar o quanto a questão do feminino era essencial na apresentação dessas atletas, como se a questão relativa a construção de suas identidades estivesse simultaneamente relacionada ao esporte e ao gênero. Diante da quase inexistência de trabalhos em antropologia sobre esta temática e o crescente número de academias com adeptas ao boxe, seja para fins de saúde e/ou estéticos, o objetivo deste estudo etnográfico – realizado em duas academias cariocas – é compreender como, na prática do pugilismo, são construídas formas específicas de feminilidade e, ainda, o que leva algumas mulheres a optar pela prática deste esporte. Como a questão do masculino e feminino se coloca para elas? Quais signos são detentores de uma feminilidade específica? Em suma, a questão relativa a que corpos femininos ou corporalidades estão sendo elaborados neste contexto específico.
metadata.dc.description.abstractother: The main subject of this thesis is how femininity is constructed within an individual sport that is considered as masculine hegemony: Boxing. Since boxing requires greater physical force than other sports, this might initially exclude female boxers. However, when I looked up webpages on female boxing, I not only found a strong research subject, but I also realized how important femininity is to these athletes presentation of themselves, as if constructing their identities was simultaneously part of sports and gender. Since anthropological studies on this subject are practically inexistent, despite a growing number of gyms that offer female boxing, whether this be for health/an aesthetics, this ethnography – held in two carioca gyms – aims at better understanding how specific kinds of femininity are constructed in boxing and also what leads women to practice this sport. How do these women see masculine and feminine? What are the specific signs of femininity for them? In sum, feminine bodies and embodiment will be dealt with in this specific context.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9216
Appears in Collections:NEPEAC - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PEDRO-PIO-AZEVEDO-DE-OLIVEIRA-FILHO.pdf6.15 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons