Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9288
Title: O caminhar poético de Charles Baudelaire como solução à errância
Authors: Jardim, Caio Henrique Albuquerque
metadata.dc.contributor.advisor: Lima, Cláudia Henschel de
metadata.dc.contributor.members: Preu, Roberto de Oliveira
Frare, Ana Paola
Issue Date: 2018
Citation: Jardim, Caio Henrique Albuquerque. O caminhar poético de Charles Baudelaire como solução à errância. 2018. 98f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Psicologia)-Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal Fluminense, 2018.
Abstract: A errância, o ato de vagar sem rumo e sem localização subjetiva, incluída como psicopatologia no DSM – V a partir da categoria de fuga dissociativa, à luz da perspectiva teórica da psicanálise é tomada pela visão do erro como invenção, e não como erro em sua característica deficitária. Deste modo o presente trabalho de monografia visa investigar a solução à errância de Charles Baudelaire, poeta francês do século XIX, a partir do escrito poético e da persona do dândi tomando como material de análise sua produção literária e sua biografia. A pesquisa pretende, assim, expor o percurso do poeta em sua relação com o sentimento de Vazio diante à modernidade, que no auge do capitalismo francês se mostra violento e higienista no planejamento biopolítico de Napoleão III, profilático aos becos e vielas, executado pelo Barão Haussmann nas ruas de Paris, substituindo-as por boulevares e praças arborizadas com vias de atender aos valores e padrões da burguesia. Baudelaire, na experiência do flâneur que se atenta ao produto das margens, e como exilado na própria cidade, produz sua poesia na perspectiva de simbolizar aquilo que é excluído desse novo tempo. Apresenta-se como testemunha destas transformações, e num movimento de vanguarda, adianta a possibilidade do laço social desinserir e até insultar o sujeito, quando no zênite do objeto a na civilização pela ascensão do discurso capitalista. Portanto, este trabalho visa trabalhar a hipótese de que o caminhar poético de Charles Baudelaire, seu dandismo e sua poesia funcionam como solução à errância dando sentido a esta dentro de seu percurso poético.
metadata.dc.description.abstractother: Wandering, the act of drifting aimlessly and without subjective localization, included as psychopathology in the DSM - V from the category of dissociative flight, in light of the theoretical perspective of psychoanalysis is taken by the vision of error as invention, and not as an error in its deficient characteristics. In this way the present work of monograph aims to investigate the solution to the wandering of Charles Baudelaire, french poet of century XIX, from the poetic writing and the persona of the dandy taking as material of analysis his literature and biography. The research seeks to expose the poet's course in his sense with the feeling of Void in the face of modernity, which at the height of french capitalism is violent and hygienist in the biopolitical planning of Napoleon III, prophylactic to the alleys and lanes, executed by the Baron Haussmann on the streets of Paris, replacing them with boulevards and wooded squares with ways to meet the values and standards of the bourgeoisie. Baudelaire, in the experience of the flâneur who is attentive to the product of the margins, and as exiled in the city itself, produces his poetry in the perspective of symbolizing that which is excluded from this new time. It presents itself as a witness to these transformations, and in a movement of vanguard, the possibility of the social bond disinherits and even insults the subject, when in the zenith of the object a in civilization by the rise of the capitalist discourse. Therefore, this paper aims to work on the hypothesis that the poetic path of Charles Baudelaire, his dandyism and his poetry work as a solution to the wandering giving sense to this within his poetic path.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9288
Appears in Collections:VGS - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Caio Henrique Albuquerque Jardim - TCC.pdf1.55 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons