Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9294
Title: A IGREJA CATÓLICA NA HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO POPULAR DO CAMPO NO BRASIL (1960 – 1980)
Authors: Pinto, Paulo Vitor de Souza
metadata.dc.contributor.advisor: Pereira, Julio César Medeiros da Silva
metadata.dc.contributor.members: Mello, Maristela Barenco Corrêa de
Abreu, Paulo Roberto Teixeira de
Issue Date: 2018
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Pinto, Paulo Vitor de Souza. A Igreja Católica na História da Educação Popular do Campo no Brasil (1960-1980). 2018. 58 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação do Campo)-Universidade Federal Fluminense, Instituto do Noroeste Fluminense de Educação Superior, Santo Antônio de Pádua, 2018.
Abstract: O presente trabalho apresenta o papel da Igreja Católica na História da Educação popular e do Campo, no Brasil, durante os anos de 1960 a 1980. Inicialmente apresentamos a educação jesuítica como espaço nascedouro da educação brasileira, buscando enfatizar que Igreja Católica, está diretamente ligada à historia da educação. Por sua vez, compreendendo as contradições dentro da própria Igreja durante o decorrer da história, este trabalho escolhe e identifica a ala libertadora e suas propostas clarificadas pela Teologia da Libertação que culminarão na reestruturação da Igreja e da sociedade de certo modo. As alterações sofridas a partir da abertura da Igreja para as necessidades dos sujeitos feitos pobres foram responsáveis por incentivar eventos educativos e ao mesmo tempo, gerador de uma consciência crítica, até então adormecida, onde é apresentada as Comunidades Eclesiais de Base e o método ver-julgar-agir por elas utilizadas, como forças propulsoras da educação popular, concomitantemente a esses eventos, o Movimento de Educação de Base é apresentado como ator principal da educação popular no campo. Desse modo, reconhece a presença da Igreja Católica em sua ala libertadora, na história da educação popular no campo.
metadata.dc.description.abstractother: The present work presents the role of the Catholic Church in the History of Popular Education and the Field in Brazil during the years of 1960 to 1980. Initially we present the Jesuit education as the birthplace of Brazilian education, seeking to emphasize that the Catholic Church is directly linked the history of education. In turn, understanding the contradictions within the Church during the course of history, this work chooses and identifies the liberating wing and its proposals clarified by Liberation Theology that will culminate in the restructuring of the Church and of society in a certain way. The changes suffered from the opening of the Church to the needs of the poor made subjects were responsible for encouraging educational events and at the same time, generating a critical conscience, hitherto dormant, where it is presented the Ecclesial Base Communities and the ver- to judge-to act by them used as propelling forces of popular education, concomitantly to these events, the Basic Education Movement is presented as the main actor of popular education in the field. In this way, he recognizes the presence of the Catholic Church in its liberating wing, in the history of popular education in the countryside.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9294
Appears in Collections:PEC - Trabalhos de Conclusão de Curso - Santo Antônio de Pádua

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA_ PINTO, Paulo Vitor de Souza (2018) (1).pdf1.61 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons